Queremos convidar você a fazer uma viagem, uma viagem mágica, por diversos países, culturas, hábitos, épocas, onde sua imaginação quiser e você se permitir...

Viajar pelas páginas de nossos livros, por vários gêneros, escritores anônimos e ilustradores e também os ilustres escritores: romances, aventuras, comédias, mistérios, épicos, auto-ajuda, poéticos, didáticos... toda leitura faz o ser humano conhecer, abranger, crescer...

Neste blog vamos divulgar, sugerir, incentivar, um espaço para interagir com você, que vai ser nosso seguidor ou dar apenas uma espiadinha, mas será sempre bem-vindo, como aquele amigo que senta para tomar um café e conversarmos sobre aquelas páginas de um livro que mais nos marcou, ou aquele que estamos lendo no momento, então fica aqui nosso convite, entre no nosso blog, tome um café, enquanto passeia pelos nossas postagens, interaja conosco sempre, estamos aqui na rede aguardando a sua chegada.


Abraços literários.


Aparecida




Vamos trocar idéias, opiniões, interagir?

Tem algum comentário ou sugestão para fazer?

Escreva para nós no e-mail: cafecomleituranarede@gmail.com


Loja Virtual

A loja virtual "Café com leitura na rede" está a todo vapor, e convidamos você a visitar nossa loja, lá lhe aguardam ótimos preços, opções para todos os gostos e um atendimento muito, muito especial e amigo.

Acesse agora mesmo:


Abraços


Equipe Café com Leitura na Rede.



sábado, 1 de março de 2014

Caneca Literária #10- As Violetas de Março

                                                                              



Nesse mês  escolhemos esse livro encantador para nossa coluna Caneca Literária.

                                                                                    



Sinopse - As Violetas de Março - Qualquer pessoa que já tenha perdido um amor vai se encantar com este livro. - Sarah Jio

Emily Taylor é uma jovem escritora de sucesso, mas não gosta muito de seu próprio livro. Também tem um casamento que parece ideal, no entanto ele acabará em divórcio. Sentindo que sua vida perdeu o propósito, Emily decide fazer as malas e passar um tempo em Bainbridge — a ilha onde morou quando menina — para tentar se reorganizar.
Enquanto busca esquecer o ex-marido e, ao mesmo tempo, arrumar material para um novo livro, um antigo colega de escola e o namorado proibido da adolescência tornam-se seus companheiros frequentes.
Entretanto, o melhor parceiro de Emily será um diário da década de 1940, encontrado no fundo de uma gaveta.
Com o diário em mãos, Emily sentirá o estranhamento e a comoção causados pela leitura de uma biografia misteriosa que envolve antigos habitantes da ilha e que tem muito a ver com sua própria história.
Assim como as violetas que desabrocham fora de estação para mostrar que tudo é possível, a vida de Emily Taylor poderá tomar um rumo improvável e cheio de possibilidades.

Como adianta a sinopse, Emily é uma jovem escritora recém divorciada.
Depois de terminar o casamento, aparentemente perfeito, ela se sente completamente perdida. Não sabe como seguir em frente nem por onde recomeçar.
Emily resolve então passar um tempo em Bainbridge.
E assim ela liga para sua tia Bee, que misteriosamente esperava por esta visita.
Segundo tia Bee: "O destino tem sua própria maneira de trazê-la de volta quando é hora de voltar." e chegou o momento de Emily desvendar alguns mistérios e segredos da ilha. 
Então, no 1º dia de março, ela parte para a ilha. Ao chegar lá, começa a perceber coisas  relacionadas ao passado de Bee e a história de sua família.
Descobre um antigo diário, datado de março de 1943, e no desenrolar da leitura conhece a história de Esther, uma mulher que viveu na ilha na época. Cada vez mais encantada pela história, mais a garota se envolve com a história de Esther e mais ela percebe que aquilo pode ter algo a ver com  sua tia Bee, e até mesmo com ela mesma.
O tempo passa e acompanhamos o dia a dia de Emily na ilha,  ao mesmo tempo em que vamos descobrindo com ela mais sobre a vida de Esther. E percebemos que quanto mais Emily busca saber sobre a história da sua tia, sua família e dos moradores da ilha, mais ela avança para um recomeço de sua vida.
A história do livro é belíssima. Não é simplesmente uma história de amor  ou a história de uma família. Mas a história de várias vidas e de como a história de uma pessoa pode influenciar o destino de seus descendentes. A leitura é cativante. Desde o primeiro capítulo o livro nos aguça a curiosidade em saber o que acontecerá com Emily, qual o grande mistério que envolve o diário. Uma leitura dinâmica, fluída, que faz as folhas virarem como que por encanto e não conseguimos parar de ler até chegar ao final.
Um livro com 20 capítulos, 300 páginas, escrito em forma de diário, de 1º  à 31 de março,  que mistura romance e mistério, alternando  histórias do passado e do presente; um livro dentro do livro!
Um livro surpreendente, encantadoramente reflexivo, uma história cheia de magia, que vai fazer você se emocionar, se apaixonar e pensar sobre a própria vida.
A capa é linda e a diagramação simplesmente perfeita.
Recomendadíssimo!
                                       
                                                                              


"Deixo-lhe um pensamento, um pensamento sobre o amor que me levou a passar por muitos fracassos: o grande amor perdura ao tempo, à mágoa e a distância. E mesmo quando tudo parece perdido, o verdadeiro amor vive. Sei disso agora, e espero que você também.”



Abraços Literários e até a próxima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário