Queremos convidar você a fazer uma viagem, uma viagem mágica, por diversos países, culturas, hábitos, épocas, onde sua imaginação quiser e você se permitir...

Viajar pelas páginas de nossos livros, por vários gêneros, escritores anônimos e ilustradores e também os ilustres escritores: romances, aventuras, comédias, mistérios, épicos, auto-ajuda, poéticos, didáticos... toda leitura faz o ser humano conhecer, abranger, crescer...

Neste blog vamos divulgar, sugerir, incentivar, um espaço para interagir com você, que vai ser nosso seguidor ou dar apenas uma espiadinha, mas será sempre bem-vindo, como aquele amigo que senta para tomar um café e conversarmos sobre aquelas páginas de um livro que mais nos marcou, ou aquele que estamos lendo no momento, então fica aqui nosso convite, entre no nosso blog, tome um café, enquanto passeia pelos nossas postagens, interaja conosco sempre, estamos aqui na rede aguardando a sua chegada.


Abraços literários.


Aparecida




Vamos trocar idéias, opiniões, interagir?

Tem algum comentário ou sugestão para fazer?

Escreva para nós no e-mail: cafecomleituranarede@gmail.com


Loja Virtual

A loja virtual "Café com leitura na rede" está a todo vapor, e convidamos você a visitar nossa loja, lá lhe aguardam ótimos preços, opções para todos os gostos e um atendimento muito, muito especial e amigo.

Acesse agora mesmo:


Abraços


Equipe Café com Leitura na Rede.



quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Bibliotecas da era digital-


                                                                                   



“Bendito seja aquele que semeia livros e faz o povo pensar”, frase de Castro Alves retrata a importância da leitura e dos livros na nossa sociedade. Embora dita no século passado, ela é bem contemporânea.  Quando pensamos em livros e sistema público, a velha e boa biblioteca de bairro surge para suprir a carência literária. Hoje, a biblioteca não é só mais aquele local silencioso, onde se falava baixinho e se retirava e devolvia livros emprestados. Ela passou por transformações onde os serviços foram digitalizados e a partir disso, conta com outras atividades que fomentam a leitura e a cultura do cidadão, tornando-se um local de intervenção, troca de idéias, espaço multimídia com inclusão digital e em constante movimento.
Os acervos são compostos por obras, incluindo livros em braile, revistas, jornais,  quadrinhos, inclusive em mangá, e áudio-livro. Além disso, há atividades como contação de histórias e a mediação que estimula o gosto pela leitura.
Agora todas as bibliotecas municipais estão interconectadas em rede e um cadastro de usuário vale para todas as unidades. Com a informatização é possível saber se o livro desejado está disponível naquele local, se foi emprestado, ou em qual biblioteca ele se encontra. Isso pode ser acessado de qualquer local através do site:  www.bibliotecas.sp.gov.br

O que pouca gente sabe é que algumas bibliotecas oferecem gratuitamente cursos de informática, inclusive para a terceira idade. Os usuários podem usar a biblioteca para acessar a internet, imprimir até duas páginas, e ainda fazer cursos de informática, com certificado, tudo de graça.

E que tal um sarau literário que consegue reunir cerca de 90 pessoas numa noite ??????
Todas as terceiras quintas-feiras do mês, a Brito Broca, em Pirituba, realiza o evento com moradores do bairro, alunos de escolas públicas que vão chegando e declamando poesias, cantam e fazem pequenas performances. O sucesso é tanto, que a Secretaria Municipal de Cultura aguarda projeto para a realização de uma casa de cultura na região, que poderá ser instituída no local. Para o local está previsto espaço para oficinas, telecentro, e auditório para cerca de 100 pessoas.

A Biblioteca Mario Schemberg, na Lapa, mudou o seu foco em 2008 e desde então se transformou numa biblioteca com temática científica, abrigando espaço de pesquisa na área da ciência.  Com acervo de 65 mil livros, sendo 700 títulos em Braile, o espaço também organiza encontros com o escritor, shows de ciência, peças infantis, além do projeto Celig voltado ao público deficiente auditivo, onde por meio de uma webcan um interprete conversa com o usuário e identifica o que ele deseja.

As bibliotecas mudaram bastante, não são mais aquelas de algumas décadas atrás. Hoje seu papel é fazer a ponte entre autores, leitores, boa literatura e público de uma forma dinâmica, embora falte mais divulgação de suas atividades na mídia.
A tecnologia de informação ajudou a integrar e digitalizar acervos e cadastros, e por conta dessas mudanças, se por um lado se fala que o livro impresso tende a desaparecer, por outro há os que defendem a sua existência do jeito tradicional. Para alguns ir na biblioteca é ir de encontro a um local mais tranqüilo.  Para outros é  um pouco cansativo ler no computador. E ainda existe a possibilidade de imprimir o que se deseja ler, quando há a preferência por algo mais “palpável”.

E VCS o que acham ??
Preferem e-books ou livros tradicionais ???
Freqüentam as bibliotecas de seus bairros ?
Ou preferem baixar obras da internet ???
Já participaram de alguma atividade lúdica na biblioteca ?? 
Escrevam contando, deixem seus comentários, vamos fazer deste espaço um cantinho para interagir!



Até a próxima e abraços literários.



Nenhum comentário:

Postar um comentário