Queremos convidar você a fazer uma viagem, uma viagem mágica, por diversos países, culturas, hábitos, épocas, onde sua imaginação quiser e você se permitir...

Viajar pelas páginas de nossos livros, por vários gêneros, escritores anônimos e ilustradores e também os ilustres escritores: romances, aventuras, comédias, mistérios, épicos, auto-ajuda, poéticos, didáticos... toda leitura faz o ser humano conhecer, abranger, crescer...

Neste blog vamos divulgar, sugerir, incentivar, um espaço para interagir com você, que vai ser nosso seguidor ou dar apenas uma espiadinha, mas será sempre bem-vindo, como aquele amigo que senta para tomar um café e conversarmos sobre aquelas páginas de um livro que mais nos marcou, ou aquele que estamos lendo no momento, então fica aqui nosso convite, entre no nosso blog, tome um café, enquanto passeia pelos nossas postagens, interaja conosco sempre, estamos aqui na rede aguardando a sua chegada.


Abraços literários.


Aparecida




Vamos trocar idéias, opiniões, interagir?

Tem algum comentário ou sugestão para fazer?

Escreva para nós no e-mail: cafecomleituranarede@gmail.com


Loja Virtual

A loja virtual "Café com leitura na rede" está a todo vapor, e convidamos você a visitar nossa loja, lá lhe aguardam ótimos preços, opções para todos os gostos e um atendimento muito, muito especial e amigo.

Acesse agora mesmo:


Abraços


Equipe Café com Leitura na Rede.



segunda-feira, 18 de abril de 2016

Dia Nacional do Livro Infantil-

                                                                                  



No dia 18/04, o Brasil comemora o Dia Nacional do Livro Infantil e escolheu este dia por ser a data de nascimento de um dos nossos maiores  ícones da literatura infantil: Monteiro Lobato, tradutor, escritor, contista e ensaísta. 
Algumas de suas obras mais conhecidas são:  O Sítio do Picapau Amarelo, O Marquês de Rabicó,  Reinações de Narizinho, O Pó de Pirlimpimpim, Caçadas de Pedrinho, Memórias da Emília. Histórias de Tia Anastácia, O Minotauro e Os Doze Trabalhos de Hércules, entre outras.
Emília no País da Gramática, que é um dos nossos posts mais visitados VCS conferem aqui.
                                                                    
Para comemorar a data escolhemos  A Geografia de Dona Benta, um dos clássicos de Monteiro Lobato, que escolhemos para homenagear o autor e o dia nacional do livro infantil. 

                                                                                



Em 1935, quando Geografia de Dona Benta foi publicado pela primeira vez, Lobato e a sua turma do Sítio do Picapau Amarelo viviam em um mundo diferente do que o que conhecemos hoje. 
A população mundial e o número de países eram menores, o rádio era o principal veículo de comunicação e a maneira de viver era outra, mas antes mesmo de o homem pisar na Lua, em 1969, Lobato já havia levado Emília e companhia para observar o mundo de lá e, a partir daí, explorar cada pedacinho do planeta Terra.
No início da década de 1930, os temas escolares passaram a fazer parte de alguns livros da obra infantil de Monteiro Lobato. O autor acreditava que era possível apresentar os conteúdos didáticos de forma agradável e de uma maneira fácil de ser compreendida. Em seus textos, investia na formação de leitores críticos e mostrava a realidade dos fatos. 
Geografia de Dona Benta é um bom exemplo disso. Nesse livro, Lobato apresenta os estados, países, continentes, habitantes, costumes e como as pessoas se organizam em seus territórios, mas também fala sobre as guerras que aconteceram, sobre os líderes de algumas nações e as disputas pelo poder.
Em Geografia de Dona Benta ele leva Emília, Narizinho, Pedrinho, Visconde, Dona Benta, Tia Nastácia e Quindim a bordo de um navio de faz-de-conta. Esse navio imaginário e uma luneta superpotente, igualmente imaginária, são recursos suficientes para o pessoal do Sítio desbravar o mundo e conduzir o leitor a uma viagem divertida, cheia de aventuras e aprendizagem sobre a geografia do nosso planeta.
Na nova edição o texto original do autor foi mantido, passando por atualização ortográfica.
A obra também ganhou comentários complementares redigidos por geógrafos que explicam e atualizam as informações fornecidas por Lobato em 1935.
O livro traz ainda um conjunto de mapas para que o leitor localize as regiões citadas no texto e possa perceber as transformações no espaço geográfico.
Ao traçar um panorama da década de 1930 e os dias atuais, a nova edição da obra destaca o dinamismo que o mundo desenvolveu em menos de um século. Os países se transformam, territórios são divididos, a população cresce, as trocas comerciais se intensificam, as preocupações ambientais ganham força e o mundo, apesar de enorme, parece pequeno diante da capacidade dos meios de comunicação de conectar e aproximar as pessoas.
A narrativa descontraída e ao mesmo tempo informativa de Lobato, leva o leitor a conhecer fatos reais do mundo de forma lúdica e encantadora.



Abraços Literários e até a próxima.



Nenhum comentário:

Postar um comentário