Queremos convidar você a fazer uma viagem, uma viagem mágica, por diversos países, culturas, hábitos, épocas, onde sua imaginação quiser e você se permitir...

Viajar pelas páginas de nossos livros, por vários gêneros, escritores anônimos e ilustradores e também os ilustres escritores: romances, aventuras, comédias, mistérios, épicos, auto-ajuda, poéticos, didáticos... toda leitura faz o ser humano conhecer, abranger, crescer...

Neste blog vamos divulgar, sugerir, incentivar, um espaço para interagir com você, que vai ser nosso seguidor ou dar apenas uma espiadinha, mas será sempre bem-vindo, como aquele amigo que senta para tomar um café e conversarmos sobre aquelas páginas de um livro que mais nos marcou, ou aquele que estamos lendo no momento, então fica aqui nosso convite, entre no nosso blog, tome um café, enquanto passeia pelos nossas postagens, interaja conosco sempre, estamos aqui na rede aguardando a sua chegada.


Abraços literários.


Aparecida




Vamos trocar idéias, opiniões, interagir?

Tem algum comentário ou sugestão para fazer?

Escreva para nós no e-mail: cafecomleituranarede@gmail.com


Loja Virtual

A loja virtual "Café com leitura na rede" está a todo vapor, e convidamos você a visitar nossa loja, lá lhe aguardam ótimos preços, opções para todos os gostos e um atendimento muito, muito especial e amigo.

Acesse agora mesmo:


Abraços


Equipe Café com Leitura na Rede.



domingo, 6 de novembro de 2016

Em Algum Lugar Nas Estrelas-

                                                                              


Sinopse: O enredo é sobre a difícil arte de crescer em um mundo que nem sempre parece satisfeito com a nossa presença. Pelo menos é desse jeito que as coisas têm acontecido para Jack Baker. 
A Segunda Guerra Mundial estava no fim, mas ele não tinha motivos para comemorar. Sua mãe morreu e seu pai... bem, seu pai nunca demonstrou se preocupar muito com o filho. Jack é então levado para um internato no Maine (o mesmo estado onde vivem Stephen King e boa parte de seus personagens).
O colégio militar, o oceano que ele nunca tinha visto, a indiferença dos outros alunos: tudo aquilo faz Jack se sentir pequeno.
Até ele conhecer o enigmático Early Auden...

A trama do livro, um infantojuvenil para leitores de todas as idades, é em torno desses  dois personagens no fim a segunda guerra mundial: os garotos Jack Baker e Early Auden que apesar de serem completamente diferentes, se complementam e estabelecem uma forte ligação, ainda que eles próprios não se dêem conta disso naquele momento.
Jack é filho de um capitão da marinha que cresceu sob rígida influência militar e com a ausência do pai que passa a maior parte do tempo em alto-mar. Leitor assíduo de National Geographics é um garoto solitário, mas curiosamente independente.
Quando acontece uma tragédia Jack é enviado à Morton Hill, um colégio interno para garotos.
Assim que chega ao internato de Morton Hill ele precisará conviver com as diferenças, a solidão e a exclusão; todas as coisas que os novos garotos frequentemente atravessam ao chegar a um novo local. É lá que ele conhece Early, o garoto que tenta conter o mar.
Do outro lado temos Early Auden, o personagem que dá vida e forma ao livro.
Tudo o que acontece está ligado de alguma maneira a ele.
Extremamente inteligente, teimoso,  cheio de imaginação e manias como selecionar as músicas que deve ouvir em cada dia da semana: Louis Armstrong às segundas; Sinatra às quartas; Glenn Miller às sextas; Mozart aos domingos e Billie Holiday sempre que estiver chovendo; terça, quinta e sábado, são dias sem músicas, a não ser que esteja chovendo.
Se fosse um personagem atual seria diagnosticado com TEA (Transtorno do Espectro Autista), mas como na época ainda não existia esse diagnóstico ele é considerado estranho, esquisito como é descrito na história, por apresentar dificuldade na interação social.
Enquanto Early representa a inocência e vivacidade das crianças, Jack tem uma característica mais adulta e descrente, porém, pleno de amor infantil.
Dois jovenzinhos com dores e experiências diferentes que acabam se encontrando e vivem grandes aventuras em busca de um sentido para  as teorias de Early, que  envolve o número Pi e seu irmão que foi morto durante um combate, mas que ele acredita está vivo e perdido.
Assim, eles pegam um barco e navegam embaixo das estrelas procurando por respostas. E irão encontrar muito mais durante essa jornada fascinante de aprendizado, perigos e  fortalecimento de uma grande amizade.
É interessante acompanhar os diálogos que os dois protagonizam do meio do livro em diante, quando a história tem uma reviravolta.
São as corridas de barco que unem os dois em uma história cativante.
Ajudando o amigo, Jackie se reencontra consigo mesmo, a fim de superar um coração machucado e marcado por perda e rejeição.
Em paralelo, há outra história, que complementa e faz referência a história dos dois garotos. Os matemáticos, físicos e apaixonados pelas ciências exatas vão adorar essa parte: a autora costurou a trama dos garotos à história de Pi, o número que intriga a humanidade há séculos. Um número racional, eterno e não repetitivo que em seus dígitos possui uma história a ser contada.
Durante a cruzada de Jackie e Early, vulcões em erupção, piratas e ursos enormes atravessam as páginas.





A fantasia brinca com a imaginação do leitor promovendo um olhar de memória afetiva aos tempos de criança.
Poucas vezes um título fez tanto jus a sua história.
Em Algum Lugar Nas Estrelas é sobre a busca irrefreável do homem por respostas, por se reencontrar, sobre recomeço e aceitação.
Uma fábula contemporânea repleta de significados.
Tudo no livro é fluido e delicado.
A narração em primeira pessoa mostrou-se acertada, esta ferramenta quando bem utilizada aproxima o leitor dos personagens; faz ver a história com o olhar do protagonista criando um vínculo, tornando tudo próximo e real.
Um livro que fala de relacionamento pai e filho, de amizade, esperança e inocência. Uma narrativa detalhada, sem ser cansativa, e ao mesmo tempo cativante e criativa.
                                     
                                         



A edição é linda, todas as ilustrações têm relação com o enredo e as páginas são aquelas queridinhas amarelas que conferem conforto visual.
                                                    
                        



Recomendadíssimo.


Abraços Literários e até a próxima.


26 comentários:

  1. a capa do livro é bem linda!
    a história parece ser bem interessante e atual apesar de se passar depois da 2ª guerra :)

    xoxo
    Guria do Século Passado

    ResponderExcluir
  2. Tuas resenhas são sempre tão completas que todas me fazem ter vontade de ler os livros hehehe.

    Beijo sua lindonaaa !

    | O Blog Que Não é Blog |

    | Instagram: @aquelenaoblog |

    | Cadastre-se no Clixsense e Ganhe por Clicar em Links |

    ResponderExcluir
  3. adoro livro que abordam a 2° guerra mundial, mesmo esse sendo depois, me parece ser interessante. Essa capa as ilustrações são divinas adorei a sua resenha beijos


    Taynara Mello | Indicar Livros.
    www.indicarlivros.com

    ResponderExcluir
  4. Que resenha incrível! Fiquei apaixonada pelas páginas do livro, são lindas demaaais 😍

    Beijos <3
    Blog Mente Viajante

    ResponderExcluir
  5. Resenha ótima amei a dica do livro,
    tenha uma semana abençoada, obrigado pela visita.
    Blog:https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal: https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderExcluir
  6. Livros que falam da 2ª guerra mundial são sempre emocionantes as histórias, gostei de muito de conhecer o livro a capa é bem atraente, Luli tenha uma ótima semana bjs.
    http://www.lucimarestreladamanha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Adorei a descrição do livro, gosto muito deste género de leitura!
    Beijinho
    http://asreceitasdamaegalinha.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  8. A história parece tão atual, mesmo não sendo né??Que coisa!
    Beijinhos ❤
    Blog Ale Canofre
    YouTube
    Visite a minha loja!

    ResponderExcluir
  9. A edição é linda mesmo, mas a história não faz meu estilo, apesar de interessante.

    Beijos/Xoxo.

    Anete Oliveira
    Blog Coisitas e Coisinhas
    Fan Page Coisitas e Coisinhas
    Instagram

    ResponderExcluir
  10. Oi Luli, bt!
    Eu achei a história bem interessante, o único problema é que eu ainda estou organizando meu tempo p/poder curtir mais os livros, coisa que eu adoro. Por falar em tempo, será que vc não teria assim umas horinhas por aí sobrando que pudesse me emprestar, pq as 24hs que eu tenho direito não estão dando p/nada kkk.
    Ah, a prosa hoje é com bolo e chazinho de maçã, "tá" bom p/você? kkk
    Bjssss amiga e uma semana linda e abençoada p/vcs também

    ResponderExcluir
  11. Olá Luly
    Um belo enredo com belas ilustrações e ainda com
    um estilo próprio, pena não poder ler como gostaria por
    não ter tempo.
    Bjs


    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. ahhh eu ainda não li, mas a história é super interessante e tenho vontade de conferir a jornada dos meninos <3 Sem contar essa edição mara, né?

    Adorei a resenha!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  13. Esse é estilo de livro que gosto, ótima dica. Já anotei para comprar depois que acabar de ler os que tenho.
    Boa terça-feira!
    Fica com Deus!
    Beijos!

    http://estilonocerrado.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi, Luli!

    Aquela linha me surpreendeu! Deu super certo no meu cabelo oleoso! ;D

    Qualquer leitura que remete a memória afetiva dos tempos de criança me chamam a atenção! Sem dúvida que fiquei curiosa com esse livro. Achei o visual muito bonito!

    Ótima terça!

    Beijo! ^^

    ResponderExcluir
  15. Que resenha mais incrível, você arrasou nas informações. Amei o livro!
    Um super beijo, Blog Minuto de Bobeira

    ResponderExcluir
  16. Menina paráaaa tudo ,que livro é esse adoro estórias que envolvem internato, e músicas então, nem se fala. Parece um livro ótimo ainda mais quando se remete afetividade, amei as ilustrações, com certeza comprarei depois, está anotadinho aqui, bjus Luly.

    ResponderExcluir
  17. Eu pessoalmente, curto muito tramas infanto-juvenis desde que sejam bem construídas. Principalmente quando uma obra é tão bem recomendada e com esta edição incrível! ótima resenha. Tenha um dia abençoado, beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    paisagemdejanela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Oie Luli!
    Que resenha show de bola essa! Eu amo enredos feitos pra um determinado público que chama a atenção de outros públicos. Fábulas são tão gostosas de se ler...

    Beijoooo

    ResponderExcluir
  19. OOOOOOI LULI

    eu achei o personagem do Early bem aqueles que eu me identifico e passo a amar. SIm, sempre digo e repito: Tenho um crush enorme por almas atormentadas, consideradas bizarras e estranhas dentro dos padrões.

    A capa é muito linda! Com certeza chamaria minha atenção ao longe *-* E achei o máximo essas ilustrações dentro do livro, trazendo muito mais magia à história. QUERO LER SIIIM!

    BEEEEEIJO
    beinghellz.com

    ResponderExcluir
  20. Um livro que já vejo um filme dele!
    Bjoo

    Tiemi
    RoseBoxBlog

    ResponderExcluir
  21. Oi Luli, bt!
    Como a prosa hoje foi com os bolinhos que vc tanto gostou, eu já tinha até preparado uma marmitinha p/vc trazer e esqueci de te entregar, oh cabeça! kkkk
    Aproveito também p/desejar uma tarde maravilhosa aí p/vcs! Bjssss

    ResponderExcluir
  22. Olá, tudo bem?

    tenho muita curiosidade em relação a esse livro e elas apenas aumentaram agora. Adorei sua resenha.

    Beijos,

    Gnoma Leitora

    ResponderExcluir
  23. Oi, Luli!

    Aquele corretivo é muito bom! Estou usando sempre. E o melhor é o precinho amigo, né?! Adoro! ;)

    Ótima quarta!

    Beijo! ^^

    ResponderExcluir
  24. Comentando aqui nesse post maravilhoso mais uma vez para avisar que te indiquei para responder uma Tag lá no Blog: https://menteviajantee.blogspot.com.br/2016/11/tag-dias-da-semana-em-livros.html#more

    Beijos <3
    Blog Mente Viajante

    ResponderExcluir
  25. Esteticamente falando, é um livro LINDO, a sinopse impressiona e deixa aquele gostinho de quero mais!

    Garota do 330

    ResponderExcluir