Queremos convidar você a fazer uma viagem, uma viagem mágica, por diversos países, culturas, hábitos, épocas, onde sua imaginação quiser e você se permitir...

Viajar pelas páginas de nossos livros, por vários gêneros, escritores anônimos e ilustradores e também os ilustres escritores: romances, aventuras, comédias, mistérios, épicos, auto-ajuda, poéticos, didáticos... toda leitura faz o ser humano conhecer, abranger, crescer...

Neste blog vamos divulgar, sugerir, incentivar, um espaço para interagir com você, que vai ser nosso seguidor ou dar apenas uma espiadinha, mas será sempre bem-vindo, como aquele amigo que senta para tomar um café e conversarmos sobre aquelas páginas de um livro que mais nos marcou, ou aquele que estamos lendo no momento, então fica aqui nosso convite, entre no nosso blog, tome um café, enquanto passeia pelos nossas postagens, interaja conosco sempre, estamos aqui na rede aguardando a sua chegada.


Abraços literários.


Aparecida




Vamos trocar idéias, opiniões, interagir?

Tem algum comentário ou sugestão para fazer?

Escreva para nós no e-mail: cafecomleituranarede@gmail.com


Loja Virtual

A loja virtual "Café com leitura na rede" está a todo vapor, e convidamos você a visitar nossa loja, lá lhe aguardam ótimos preços, opções para todos os gostos e um atendimento muito, muito especial e amigo.

Acesse agora mesmo:


Abraços


Equipe Café com Leitura na Rede.



quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

Tudo e todas as coisas-


                                                                             

Sinopse- A doença que Madeline tem é rara. Basicamente, é alérgica ao mundo. Qualquer coisa pode desencadear uma série de alergias. Não sai de casa. Não saiu uma vez sequer em 17 anos.
As únicas pessoas que vê são sua mãe e sua enfermeira, Carla.
Então, um dia, um caminhão de mudança para na frente ­da ­casa ao lado. Ela olha pela janela e o vê. Ele é alto, magro e está todo de preto: blusa, calça jeans, tênis e um gorro que cobre o cabelo. Ele percebe que ela está olhando e a encara. Seu nome é Olly.

Talvez não seja possível prever tudo, mas algumas coisas, sim. Por exemplo, vou me apaixonar por Olly. Isso é certo.
E, é quase certo que isso vai provocar uma catástrofe.”

                                                                                 

Enquanto todos curtiam a experiência de ler esse livríneo (é uma experiência) nem liguei para a modinha (sick-lit não é meu gênero literário favorito) até assistir o filme, amar a narrativa ágil e... ser surpreendida pelo final.
Todos dizem que acertaram o desfecho, para mim foi uma surpresa.

                                                                              

Tudo e Todas as Coisas tem seus clichês, mas isso não o desmerece de forma alguma, o carisma dos personagens, a escrita fluída da Nicola Yoon e as diferentes formas que ela criou para representar a trama como ilustrações, tabelas, listas, relatórios de vigia, prontuários médicos, desenhos, short reviews ou a presença de um astronauta atento, além da dinâmica estendida às mensagens trocadas entre Madeline e Olly que dão o tom fofiiiiiiiiinho à narrativa prendem o leitor no início ao fim.


                                                                               

O livro é narrado por Maddy, uma garota de 18 anos que sofre de uma rara doença chamada Imunodeficiência Combinada Grave (IDCG), também conhecida como “doença da criança na bolha”, o que quer dizer que ela é basicamente alérgica ao mundo.
Madeline vive em uma casa adaptada e passa os dias em seu quarto branco, de paredes brancas e prateleiras brancas.
No seu mundo tudo é branco, exceto as lombadas coloridas de seus livros devidamente descontaminados e selados à vácuo.
Suas únicas companhias são sua mãe, e médica; sua enfermeira e amiga Carla, e seus livros.
O bacana é que Maddy não é como as outras mocinhas dos sick-lit, ela não se queixa o tempo todo da sua doença, não se deixa definir nem se abalar pela sua condição e procura viver a vida da melhor maneira que consegue.
Até o dia em que Olly se muda para a casa ao lado.
Somente quando ele entra em sua vida que Madeline começa a pensar em possibilidades e acompanhar esse relacionamento tão puro (e fadado ao fracasso) foi emocionante.

Será que Maddy colocaria em risco a própria vida por amor? Como sua mãe super protetora vai lidar com a situação? E como fica Olly no meio de tudo isso, sendo que ele próprio tem bastante com o que lidar na própria casa?

Eu amei Tudo e Todas as Coisas, ele é incrivelmente fofo com um final inesperado que superou minhas expectativas.
Os capítulos são bem curtos e é o tipo de livro que você lê de uma sentada.

Aos amantes de YA (Jovem Adulto) digo para se jogarem nessa obra que não chega a ser inovadora, mas conquista pela química entre os personagens cativantes e a doçura do que está sendo contado.
E para quem não é fã de romances (como eu) acredito que todo leitor vai encontrar algo interessante nesse livro, nem que seja repensar o privilégio que é ser livre, conheçam a trama e se permitam surpreender com a história de Madeline.

Abraços Literários e até a próxima.


20 comentários:

  1. Luli gostei muito do livro tem uma história bem fluída, sou fã de um romance e esse livro já me conquistou luli bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Luli!

    É bom demais ter essa sensação de dinheiro bem gasto! Menina, adorei a ideia de usar lápis pra espremer o tubinho. Às vezes o produto é tão maravilhoso que queremos utilizar até a última gota, né?! ;)

    Outro título que fiquei curiosa! Ando precisando de uma leitura assim, mais fofa. E melhor ainda se tiver um final inesperado! Fiquei com vontade de ter esse bonito em mãos (Luli do céu, preciso arrumar um emprego pra poder fazer comprinha de livros! hahaha).

    Ótimo domingo!

    Beijo! ^^

    ResponderExcluir
  3. Olá, amada Luli!
    Bom dia! ☕☕🍞🍞

    Esse livro é bem interessante, a gente fica doida para chegar no final.
    A resenha é tudo de bom!

    Excelente semana junto aos seus amados!
    Beijinhos no seu lindo ♥
    Andréa

    ResponderExcluir
  4. Luli, eu sou como você, não curto romances. Mas olha, você elogiou tanto o livro, que vem vou dar uma chance a ele, hein? Parece fofíneo mesmo! xD

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  5. nossa, amei a resenha!
    já quero ler! <3 fiquei curiosa e preciso saber do final! kkkkk

    xoxo
    Guria do Século Passado

    ResponderExcluir
  6. adorei conhecer esse titulo e achei mt interessante esse tema da garota ser alergica a tudo, o romance deve ser super fofo mesmo!

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  7. Oi, Luli!

    Quando encontrar aquele óleo por aí, recomendo que abra a tampa pra sentir o aroma. É maravilhoso demais! hohoho! É tão bom que eu queria que a marca lançasse uma colônia com a mesma fragrância! ;)

    Ótima segunda!

    Beijo! ^^

    ResponderExcluir
  8. Não é o tipo de história que gosto pra um livro, mas pra filme acho legal, então vou ver o filme qualquer hora, já que fiquei bem curiosa.

    Beijos/Kisses.

    Anete Oliveira
    Blog Coisitas e Coisinhas
    Fanpage
    Instagram

    ResponderExcluir
  9. Quando os personagens têm química já é meio caminho andado, não é Luli?! Amei a dica, como sempre. Tenha um ótimo dia, beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    www.paisagemdejanela.com

    ResponderExcluir
  10. gostei da edição interna do livro. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  11. Oi Luli! Passando aqui pra lhe desejar um bom restinho de semana pra você. Beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    www.paisagemdejanela.com

    ResponderExcluir
  12. Oi, Luli!

    Primeiramente, relaxa! Também escrevo comentários gigantes! hahaha! Não sei como arrumamos tanta inspiração pra escrever! :O

    Segundo, vamos falar dos filmes. "Corra!" é muito bom! Depois de ver também fico encucada com colherinhas batendo! hahaha! Sobre o "Expresso do Amanhã", é impressionante como retrata coisas que acontecem. Nesse filme sempre fico chocada quando vejo a cena em que uma das pessoas descobre o que é a barrinha que davam para os pobres comerem (e sempre associo isso a ração do Doria)! Já "Uma Noite de Crime" mostra a maldade dos seres humanos. Coisa bem real! Lembra mesmo a Saturnália. Dá até um negócio de pensar! Quanto às eleições, menina... Cada B.O que eu vi... Estava até evitando de comentar sobre o tema!

    Ótima quarta!

    Beijo! ^^

    ResponderExcluir
  13. Deve ser ótimo esse livro, ainda não li
    big beijos
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
  14. Será que esse livro já não virou filme?
    Lembro de uma história assim.
    Sempre que vc descreve um livro a vontade é correr para ler.
    Mas nem sempre dá. Nem sempre posso.
    Mas gostaria de dar de presente.
    Sempre presenteei crianças e adolescente com livros.
    Ganhei um livro de Valter Hugo Mãe.

    Já viu algum dos filmes que mandei?

    ResponderExcluir
  15. Oi Luli! Passando aqui pra desejar uma semana abençoada pra você e sua família. Beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    www.paisagemdejanela.com

    ResponderExcluir
  16. Oi passando para ver as dicas de leituras e filmes e, também, desejar um Natal de muita paz e felicidades!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Olá Luli, tudo bom?

    Gostei muito da leitura, vou comprar um pra mim.

    Um beijo e Feliz Natal pra você e pra família!!

    www.purestyle.com.br

    ResponderExcluir
  18. Oi, Luli!

    Aquela duplinha é muito boa. Tanto pela qualidade quanto pelo valor! Sem dúvida que vale a pena experimentar. Ainda mais que você gosta de shampoo "espumento"! hahaha! ;)

    Ótima terça!

    Beijo! ^^

    ResponderExcluir
  19. Oi Luli!
    Own eu amo muito essa história,sem falar nessa edição da Novo Conceito.Lembro que a minha veio com um marcador transparente lindíssimo.Apesar de ser um sick-lit acaba sendo uma história diferente no final das contas.
    Quero ver o filme,ainda não consegui um tempinho pra ver,mas ainda tá na lista.
    Beijos!

    http://livreirocultural.blogspot.com/

    ResponderExcluir