Queremos convidar você a fazer uma viagem, uma viagem mágica, por diversos países, culturas, hábitos, épocas, onde sua imaginação quiser e você se permitir...

Viajar pelas páginas de nossos livros, por vários gêneros, escritores anônimos e ilustradores e também os ilustres escritores: romances, aventuras, comédias, mistérios, épicos, auto-ajuda, poéticos, didáticos... toda leitura faz o ser humano conhecer, abranger, crescer...

Neste blog vamos divulgar, sugerir, incentivar, um espaço para interagir com você, que vai ser nosso seguidor ou dar apenas uma espiadinha, mas será sempre bem-vindo, como aquele amigo que senta para tomar um café e conversarmos sobre aquelas páginas de um livro que mais nos marcou, ou aquele que estamos lendo no momento, então fica aqui nosso convite, entre no nosso blog, tome um café, enquanto passeia pelos nossas postagens, interaja conosco sempre, estamos aqui na rede aguardando a sua chegada.


Abraços literários.


Aparecida




Vamos trocar idéias, opiniões, interagir?

Tem algum comentário ou sugestão para fazer?

Escreva para nós no e-mail: cafecomleituranarede@gmail.com


Loja Virtual

A loja virtual "Café com leitura na rede" está a todo vapor, e convidamos você a visitar nossa loja, lá lhe aguardam ótimos preços, opções para todos os gostos e um atendimento muito, muito especial e amigo.

Acesse agora mesmo:


Abraços


Equipe Café com Leitura na Rede.



segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Viagem ao Centro da Terra- Júlio Verne

                                                                           



Julio Verne nos deixa maravilhados com sua narrativa envolvente e recheada de aventura em um clássico escrito em 1864  que continua atual e permanece como uma das histórias mais conhecidas do século XIX.
Uma das histórias mais extraordinárias.  Assim é Viagem ao Centro da Terra, clássico da literatura mundial, escrito pelo francês Júlio Verne.
A narrativa nos apresenta Lindenbrok, cientista, geólogo e professor de mineralogia e seu sobrinho Axel – um moço apaixonado pelos minerais e pela bela jovem que com ele convive, Grauben. Ambos, obcecados pela ciência, têm suas vidas mudadas radicalmente quando Lindenbrok encontra dentro de um livro comprado em um sebo, um manuscrito do século XVI escrito por um alquimista islandês, um mítico chamado Arne Saknessemm.
A aventura começa na tarefa de decifrar o criptograma encontrado que fala como Arne chegou ao centro da Terra.
A partir daí, o professor e seu sobrinho encaram uma aventura que envolve trens, navios, caminhadas, escaladas e é claro,  muita descida!
No local conhecemos um camponês chamado Hans Belker, guia do professor na ousada expedição ao centro da Terra, e sua simpática pata de estimação, Gertrude.
Verne é detalhista ao extremo. Cada pormenor é narrado meticulosamente, a fim de inserir cada um de nós na história. A obra, extremamente sensorial, nos passa cada detalhe narrado: desde a coleção de rochas e minerais do professor à textura das cavernas e grutas visitadas por nossos aventureiros.
O pai da ficção científica e também do gênero steampunk,  Verne, leva seus leitores abaixo da crosta terrestre, num mundo de monstros préhistóricos, diversos perigos, altas temperaturas, falta de oxigênio e regiões onde o solo é composto somente de sal.
E onde também existem maravilhas ocultas que são inimagináveis como céus subterrâneos, fontes de água cristalina, cristais multicoloridos, gigante cogumelos comestíveis e até mesmo mar interno com redemoinhos e tempestades espetaculares.
Com um final surpreendente, eles entram pela Islândia e saem pela Itália, através do vulcão Stromboli, Viagem ao Centro da Terra é um daqueles livros que lemos em uma sentada e que nos deixa com um gosto de “quero mais”.
Julio Verne queria que este livro fosse uma fonte de conhecimentos científicos.
O ponto alto do livro é que trouxe os leitores para o mundo dos exploradores, como O mundo Perdido de Arthur Conan Doyle, o criador de Sherlock Holmes e em uma versão mais moderna desse estilo de estória, Subterranean, de James Rollins, o mesmo autor dos thrillers de aventura da Força Sigma. “Abaixo do gelo no ponto mais baixo da Terra, há um labirinto subterrâneo ainda não tocado pelos homens – um lugar de maravilhas de tirar o fôlego – e terrores além da imaginação.”


Embarque nessa Viagem  junto com os personagens e se aventurem nesse fantástico diário de bordo de como eles conseguiram chegar ao Centro da Terra.

Recomendadíssimo.

Abraços Literários

Nenhum comentário:

Postar um comentário