Queremos convidar você a fazer uma viagem, uma viagem mágica, por diversos países, culturas, hábitos, épocas, onde sua imaginação quiser e você se permitir...

Viajar pelas páginas de nossos livros, por vários gêneros, escritores anônimos e ilustradores e também os ilustres escritores: romances, aventuras, comédias, mistérios, épicos, auto-ajuda, poéticos, didáticos... toda leitura faz o ser humano conhecer, abranger, crescer...

Neste blog vamos divulgar, sugerir, incentivar, um espaço para interagir com você, que vai ser nosso seguidor ou dar apenas uma espiadinha, mas será sempre bem-vindo, como aquele amigo que senta para tomar um café e conversarmos sobre aquelas páginas de um livro que mais nos marcou, ou aquele que estamos lendo no momento, então fica aqui nosso convite, entre no nosso blog, tome um café, enquanto passeia pelos nossas postagens, interaja conosco sempre, estamos aqui na rede aguardando a sua chegada.


Abraços literários.


Aparecida




Vamos trocar idéias, opiniões, interagir?

Tem algum comentário ou sugestão para fazer?

Escreva para nós no e-mail: cafecomleituranarede@gmail.com


Loja Virtual

A loja virtual "Café com leitura na rede" está a todo vapor, e convidamos você a visitar nossa loja, lá lhe aguardam ótimos preços, opções para todos os gostos e um atendimento muito, muito especial e amigo.

Acesse agora mesmo:


Abraços


Equipe Café com Leitura na Rede.



domingo, 29 de novembro de 2015

Cine Clube #17: Cidades de Papel-

                                                                                


Sinopse: “Cidades de Papel”  é uma história sobre amadurecimento, centrada em Quentin (papel de Nat Wolff)  e em sua enigmática vizinha Margo (interpretada pela modelo britânica Cara Delevingue) que gostava tanto de mistérios, que acabou se tornando um.
Depois de levá-lo a uma noite de aventuras pela cidade, Margo desaparece, deixando para trás pistas para o amigo decifrar. A busca coloca Quentin e seus amigos em uma jornada eletrizante. Para encontrá-la, Quentin deve entender o verdadeiro significado de amizade – e de amor.
E quanto mais sabe sobre Margo, menos ela se parece com a garota idealizada por ele ...

Não tenho nenhum problema com obras destinadas aos adolescentes, muito pelo contrário, uma boa obra, que encanta, instiga, prende a atenção do começo ao fim, faz refletir, te conduz para as páginas do livro ou para as cenas do filme,  não importa se é destinada para uma criança, um adolescente, um adulto ou para um idoso!

Me encantei com Cidades de Papel, filme baseado na obra homônima de John Green.
                                                                                


Na minha opinião é uma obra destinada a todos os que gostam de um excelente entretenimento.
Antes de mais nada não vá esperando encontrar algo parecido com  A Culpa é das Estrelas.
Enquanto ACEDE é um drama romântico sobre dois jovens com câncer, Cidades de Papel pode ser descrito como uma “dramédia romântica”.
Este  é muito diferente daquele, de todas as formas possíveis.
Estamos todos tão acostumados a franquias (e aqui cabe um Afe! Porque eu detesto esse negócio de 2, 3, 4, 5, 6 ... e ainda tem os finais divididos em  DUAS  partes! Mais um AFE, dessa vez em Caps Lock) que é surpreendente que aqui não se trata de uma série de filmes.
Cidades de Papel é uma história que não tem relação com ACEDE.
O filme é uma mistura de Garota Exemplar (sem assassinato) e Little Miss Sunshine (sem a van amarela) rsrsrs
Tem caça ao tesouro (sem o tesouro),  mistério,  road movie (quando os personagens cruzam o país de ponta a ponta em uma longa viagem de carro),  song movie (com trilha sonora) com uma pegada de “As Vantagens de Ser Invisível”.
E ainda tem cartografia, para quem curte aqueles mapas antiguinhos,  hiper fofis com suas tachinhas coloridas. VC tem literalmente a definição para Cidades de Papel:  Uma cidade que existe apenas em mapas para localizar violações de copyright ou falsificação de mapas.

Recomendadíssimo para pessoas de todas as idades!


Abraços Literários e até a próxima.


Nenhum comentário:

Postar um comentário