Queremos convidar você a fazer uma viagem, uma viagem mágica, por diversos países, culturas, hábitos, épocas, onde sua imaginação quiser e você se permitir...

Viajar pelas páginas de nossos livros, por vários gêneros, escritores anônimos e ilustradores e também os ilustres escritores: romances, aventuras, comédias, mistérios, épicos, auto-ajuda, poéticos, didáticos... toda leitura faz o ser humano conhecer, abranger, crescer...

Neste blog vamos divulgar, sugerir, incentivar, um espaço para interagir com você, que vai ser nosso seguidor ou dar apenas uma espiadinha, mas será sempre bem-vindo, como aquele amigo que senta para tomar um café e conversarmos sobre aquelas páginas de um livro que mais nos marcou, ou aquele que estamos lendo no momento, então fica aqui nosso convite, entre no nosso blog, tome um café, enquanto passeia pelos nossas postagens, interaja conosco sempre, estamos aqui na rede aguardando a sua chegada.


Abraços literários.


Aparecida




Vamos trocar idéias, opiniões, interagir?

Tem algum comentário ou sugestão para fazer?

Escreva para nós no e-mail: cafecomleituranarede@gmail.com


Loja Virtual

A loja virtual "Café com leitura na rede" está a todo vapor, e convidamos você a visitar nossa loja, lá lhe aguardam ótimos preços, opções para todos os gostos e um atendimento muito, muito especial e amigo.

Acesse agora mesmo:


Abraços


Equipe Café com Leitura na Rede.



sábado, 30 de julho de 2016

Caneca Literária #35: A Caderneta Vermelha-

                                                                               
   

A Caneca Literária de hoje é para VCS que assim como nós amam fazer anotações em cadernetas, romances ambientados em Paris, livros, livreiros, cafeterias e cafés!

                                                                                 


A Caderneta Vermelha
Antoine Laurain

Sinopse: “Caminhando pelas ruas de Paris em uma manhã tranquila, o livreiro Laurent encontra uma bolsa feminina abandonada. Não há nada em seu interior que indique a quem ela pertence – nenhum documento, endereço, celular ou informações de contato. A bolsa contém, no entanto, uma série de outros objetos. Entre eles, uma curiosa caderneta vermelha repleta de anotações, ideias e pensamentos que revelam a Laurent uma pessoa que ele certamente adoraria conhecer. Decidido a encontrar a dona da bolsa, mas tendo à sua disposição pouquíssimas pistas que possam ajudá-lo, se vê diante de um dilema: como encontrar uma mulher, cujo nome ele desconhece, em uma cidade de milhões de habitantes?”



A Caderneta Vermelha é daqueles livros que encantam a primeira vista, literalmente falando, pela sinopse, e também pela embalagem, sim a capa é linda <3
A narrativa se inicia devagarinho e vem ganhando espaço, o leitor vira as páginas umas após as outras, e de uma sentada vc é fisgado pelo diferencial de uma história singela mas cativante.
Nós conhecemos Laurente, um livreiro parisiense, que mora no segundo andar do local em que trabalha e que um dia, no caminho da cafeteria L’Esperance, onde toma seu café da manhã diariamente,  se depara com uma bolsa nova num cesto de lixo.
Sem nada que possa identificar a quem pertence, apesar de repleta de objetos pessoais, ele se encanta com as anotações em uma caderneta vermelha.
E decidido a encontrá-la, mesmo sem nenhuma pista, ele acaba por mudar sua vida em uma aventura completamente fora de seu padrão de comportamento.
Assim o destino de ambos está traçado, entrelaçado e, suas vidas cruzadas, num enredo onde tudo tem sua razão de ser e nada acontece por acaso.
O mote é simples, nem mesmo é original, mas o autor soube muito bem ousar para apresentar uma história que não é um romance qualquer.
Em uma narrativa descritiva, na medida exata, nos apresentando um pouco da atmosfera parisiense, sem ser didática, de maneira agradável, inteligente, adorável, divertido e sensível.
É adorável “ver” Laurent buscando pelas ruas de Paris, não a cidade luz dos pontos turísticos, mas a Paris dos parisienses, com seus encantos e doçuras que só se revelam aos locais.
Os protagonistas são bem construídos, há uma identificação imediata com ambos já que são pessoas “reais” como qualquer um de nós, adultos com questionamentos próprios de sua idade e isso é um ponto altamente positivo do livro, não há um “amadurecimento” no decorrer da trama, o livro já é redondinho e o encontro é feito de maneira natural em um universo literário onde duas pessoas querem se encontrar e não poupam esforços para realizar o feito.
O instigante dos pequenos detalhes que fazem a diferença.
A história tem várias referências literárias de obras e escritores, que o autor, insere na narrativa de maneira inteligente aproveitando a deixa de que o protagonista é um livreiro.


Um romance encantador recomendadíssimo para quem quer viajar nas páginas de um livro pelas charmosas  ruas de Paris, entrar em uma livraria e celebrar o encontro com uma xícara de café!


Abraços Literários e até a próxima.


13 comentários:

  1. Gostei da resenha do livro é um livro muito interessante, gosto de romances e a historia ficou mais perfeita porque acontece em Paris que é uma cidade linda, bjs.

    ResponderExcluir
  2. A capa é uma graça, legal a iniciativa de autor de citar outras obras


    Beijos!

    EsmaltadasdaPatyDomingues

    ResponderExcluir
  3. Gostei, o livro já começa deixando a gente curiosa!
    bjoo

    Tiemi
    RoseBoxBlog

    ResponderExcluir
  4. Oi Luli!
    Só de ler a sua descrição sobre o livro eu já fiquei encantada.
    Já fiquei me imaginando saboreando um cafezinho e lendo "A CADERNETA VERMELHA" kk
    Bjsss amiga e uma semana de muito sucesso e abençoada p/vcs

    ResponderExcluir
  5. Olá
    Certamente não esquecerei deste título, que é bastante
    sugestivo, gostei da resenha.
    bjs e boa semana.

    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Esse livro deve ser apaixonante.
    Boa semana!
    Big Beijos,
    Lulu
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
  7. E o que dizer dessa capa super linda?
    Certamente uma linda história,e com certeza já entrou para minha lista de futuras leituras <3
    Beijos
    http://nadadecontodefadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Esse livro parece ser muito bom!
    Segui o teu blog...se poderes visita o meu blog e se gostares segue :)
    Beijinhos

    http://annahandtheblog.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  9. eu já gostaria de ler só pela capa também! haha
    a história parece ser bem envolvente!

    xoxo
    Guria do Século Passado

    ResponderExcluir
  10. Oie!! Quanto mais avançava minha leitura pelas suas palavras, mais me encantava com a história. Agora estou completamente contagiada por essa história que parece ser tão delicada e estou precisando urgentemente desse livro! Eu adoro esse clima parisiense, e fiquei ainda mais interessada por ver que o livro pode conter uma grande chance de aprendermos sobre muitos livros e autores, guiados pelo protagonista da história. Parabéns pela resenha ♥

    Um beijo!
    Débora
    http://amorlivronico.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Luli!
    Passei p/agradecer a sua visitinha e a prosa lá no blog, masssssss já que vc se diz uma aluna do "curso kkk" aplicada, quero ver algo desse caderninho p/que eu possa dar nota!
    Ah!
    Pode ser do meu "curso" ou do cursinho da mãe, da tia, da avó, sou bem compreensiva no quesito "PROVA"
    Te peguei né amiga? kkkkkk
    Bjsssss e uma tarde abençoada p/vcs

    ResponderExcluir
  12. Realmente parece ser muito bom o livro.
    Adorei o blog e estou seguindo =)
    Se puder seguir de volta, agradeço.
    canaleusendoassim.blogspot.com

    ResponderExcluir