Queremos convidar você a fazer uma viagem, uma viagem mágica, por diversos países, culturas, hábitos, épocas, onde sua imaginação quiser e você se permitir...

Viajar pelas páginas de nossos livros, por vários gêneros, escritores anônimos e ilustradores e também os ilustres escritores: romances, aventuras, comédias, mistérios, épicos, auto-ajuda, poéticos, didáticos... toda leitura faz o ser humano conhecer, abranger, crescer...

Neste blog vamos divulgar, sugerir, incentivar, um espaço para interagir com você, que vai ser nosso seguidor ou dar apenas uma espiadinha, mas será sempre bem-vindo, como aquele amigo que senta para tomar um café e conversarmos sobre aquelas páginas de um livro que mais nos marcou, ou aquele que estamos lendo no momento, então fica aqui nosso convite, entre no nosso blog, tome um café, enquanto passeia pelos nossas postagens, interaja conosco sempre, estamos aqui na rede aguardando a sua chegada.


Abraços literários.


Aparecida




Vamos trocar idéias, opiniões, interagir?

Tem algum comentário ou sugestão para fazer?

Escreva para nós no e-mail: cafecomleituranarede@gmail.com


Loja Virtual

A loja virtual "Café com leitura na rede" está a todo vapor, e convidamos você a visitar nossa loja, lá lhe aguardam ótimos preços, opções para todos os gostos e um atendimento muito, muito especial e amigo.

Acesse agora mesmo:


Abraços


Equipe Café com Leitura na Rede.



terça-feira, 16 de agosto de 2016

As Quatro Estações de Stephen King-

                                                                                   



O livro nos apresenta histórias de Stephen King que se transformaram em sucessos de Hollywood.
Publicado originalmente em 1982,  faz parte da série de relançamentos de obras esgotadas do autor.
Em Quatro Estações, o leitor tem a oportunidade de conhecer uma outra faceta do mestre do suspense e do terror americano. São quatro histórias que se distanciam do universo sobrenatural habitual do autor, mas com a mesma marca de excelente contador de histórias que ele conquistou ao longo de sua carreira construindo narrativas baseadas no dia-a-dia de personagens comuns e mostrando sua habilidade em criar demônios, mas sob uma nova perspectiva: eles aparecem de modo subliminar, povoando a natureza humana, comprovando mais uma vez seu talento como um dos melhores ficcionistas da literatura contemporânea.

Em "Primavera eterna - Rita Hayworth e a redenção de Shawshank”, o escritor toma a injusta condenação de um homem à prisão perpétua como ponto de partida para falar sobre o desejo de liberdade. A adaptação para as telas do cinema - com atuações de Tim Robbins e Morgan Freeman - fez grande sucesso sob o título Um Sonho de Liberdade.
A perda da inocência é retratada em "Verão da corrupção - Aluno inteligente”, que descreve a estranha relação entre um velho torturador nazista e um rapaz de apenas 13 anos de idade fascinado pelo terror do III Reich. A narrativa chegou às telonas como O Aprendiz.
Na trama seguinte, "Outono da inocência - O corpo”, o autor dá novos contornos ao tema do rito de passagem da juventude para a maturidade, utilizando-se das reações de um grupo de adolescentes confrontados com a morte ao se verem diante de um cadáver. A história se transformou no filme Conta Comigo, revelando atores como River Phoenix e Kiefer Sutherland.
Vida e morte voltam a aparecer na quarta e última narrativa, "Inverno no clube - O método respiratório”, que relata a luta de uma jovem para conceber seu primeiro filho a qualquer custo. Esse conto ainda não teve adaptação cinematográfica.

Sou kingniana de carteirinha! Desde pequena quando assistia algumas obra cinematográficas adaptadas e cobria os olhos com os dedos entreabertos e o coração acelerado rsrs
Eu não sabia que Um Sonho de Liberdade, um dos meus filmes favoritos,  era uma adaptação de um conto de SK, então naturalmente,  fiquei obcecada por esse livro.
O mote de as Quatro Estações é exatamente o que consta na sinopse, como veem traz um resumo beeeeem detalhado, e não decepciona.
Mas não é um livro de contos como qualquer outro.
As histórias foram publicadas juntas, porque são longas para serem consideradas contos, mas curtas para serem lidas como romances, isso nas palavras do autor, no posfácio.
Ou seja, pensem na obra como quatro livros distintos, tipo 4x1 hehehe e se joguem na leitura, especialmente se assistiram alguns dos filmes citados na sinopse e são fãs de King ou se querem se iniciar nesse gênero de uma maneira instigante, porém low.


Vou deixar meu queridinho para o final, então vamos passar direto para o segundo conto, combinado???
"Verão da corrupção - Aluno inteligente”,  é assustador especialmente pelo realismo, leitura pesada que demora para pegar o ritmo. Trata de um garoto que suspeita de um senhor que pode ter sido um dos principais comandantes nazistas, e passa a chantageá-lo. Como veem não deixa de ser uma espécie de horror ou se preferirem terror,  a história de dois personagens detestáveis e um relacionamento doentio.

"Outono da inocência - O corpo”,  é beeeem teen, gosto de leituras mais levinhas e daquelas que a gente lê de uma sentada, mas como não tinha gostado muito do filme, coerentemente não me encantei com a narrativa.
 O mote trata de amizade e lembranças de infância apresentando a dinâmica familiar e das vidas de quatro garotos, transmitindo a essência de quatro personalidades tão distintas.

"Inverno no clube - O método respiratório”,  é o único entre os contos que tem uma pegada um tantinho sobrenatural, mas não teve tempo para que o leitor se envolvesse com os personagens, o que também é de se esperar nos contos curtos, não apresentou um clímax e o final foi  em aberto, mas tinha potencial.
O enredo é sobre um funcionário que é convidado pelo chefe a conhecer um misterioso clube.

Agora vamos à cereja do bolo!!!!!!
"Primavera eterna - Rita Hayworth e a redenção de Shawshank”, o primeiro conto
Ahhhhhhhh eu me apaixonei pelo Andy Dufresne interpretado por Tim Robbins desde um mil novecentos e bolinha quando assisti o filme, garrei de amor no homem.
 Êta protagonista dos bons <3 sô.
Narrado em primeira pessoa, por um homem condenado à prisão perpétua, relata a amizade com um preso injustamente (preso esse que é Andy), que se adapta a situação de maneira a não se envolver com aquele mundo ao qual não pertence.
A maneira como a leitura flui faz com que o leitor se encante com as atitudes do preso em questão.
Ameeeei muito mesmoooo! A história é envolvente e incrivelmente completa.
Apesar de trabalhar com ênfase no lado B (C,D e E) das prisões, a gente se surpreende gostando dos personagens.
Quatro são as palavras para resumir o encantamento: amizade, resiliência, esperança e redenção.

Conhecido mundialmente como um mestre do horror (ou terror, como preferirem) na literatura, mostra que nem só de criaturas assustadoras ou situações macabras vive o autor.
Ele não deixa a desejar quando escreve fora do gênero.
Dedica aos personagens secundários a mesma atenção que aos principais e a naturalidade com que escreve faz com que seja muito fácil tomar seus dramas como “reais”.
Sua escrita é ao mesmo tempo fluída e densa, sempre de altíssima qualidade e envolvimento singular, seja no gênero sobrenatural, suspense ou drama.

Recomendadíssimo.

Abraços Literários e até a próxima.


18 comentários:

  1. Muito bom! Me deu vontade de ler, já li alguns livros dele e são maravilhosos mesmo!

    Beijos!

    amandaquerobino.com.br

    ResponderExcluir
  2. esse eu não li. eu fico fascinada com as capas dessa coleção. eu leio pouco livros que várias histórias. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  3. Olá
    ótima recomendações, talvez o que não leria seria sobre Aluno inteligente, pra mim a leitura tem de prender já no começo.
    Bjs

    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Fiquei alucinada com a resenha! Sou maluca doidinha pra ler algum livro do Stephen King!!! Todo mundo fala muuuito bem, não dá pra ignorar mais! hauhauha


    Beijo
    www.vitaminatrendy.com

    ResponderExcluir
  5. nunca li nada do Stephen, mas já ouvi falar muito bem!
    e isso é estranho, pois amo ficção sobrenatural! já vou colocar como meta pras férias de verão ler algumas obras dele, incluindo essa, que parece ser ótima!

    xoxo
    Guria do Século Passado

    ResponderExcluir
  6. Sou apaixonada pelas obras do Stephen, já fiquei louca aqui pois não tenho essa

    Beijos!

    EsmaltadasdaPatyDomingues

    ResponderExcluir
  7. Os livros dele são melhores que os filmes?
    Ele dá uma pirada nos filmes!
    Bjoo

    Tiemi
    RoseBoxBlog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luli obrigada por responder! Nossa até fiquei com vontade de ler algum livro dele agora!
      bjoo

      Excluir
  8. Não li os livros, mas dos filmes assisti aquele A Espera de Um Milagre e gostei muito.
    big beijos

    ResponderExcluir
  9. HELO friends, visit the blog Download Android games and applications
    in alamsemesta19.blogspot.com
    I'm sure with the cooperation with mutually visit each other's blogs can increase visitors.
    Greetings blogger

    ResponderExcluir
  10. Stephen escreve muito bem, pelo menos nos filmes,ainda não li o livro mas deve ser ótimo também, bjs.
    http://www.lucimarestreladamanha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Luli!
    Dei uma sumidinha de leve, mas já voltei! kkk
    Ai meu Deus, como eu preciso colocar minha leitura em dia. Ainda não li nenhum desses livros. Tampei meu rosto com as duas mãos com vergonha disso! Imaginou a cena? kkkkk
    É por falta de tempo mesmo pq eu adoro ler!
    Bjsss amiga

    ResponderExcluir
  12. Oiii! Eu não conhecia esse lado do autor, na verdade só ouvia falar nos livros de terror dele rsrs Esses quatro contos parecem ser bem legais! Adorei o seu blog e já estou seguindo :)

    ***Beijokas -Hellen Barros.

    Apenas Giz | Sorteio No Blog

    ResponderExcluir
  13. Você acredita que nunca li nada de Stephen King? Agora, sua postagem sem dúvidas vai me ajudar a dar o pontapé inicial, por depois de passar por aqui, fiquei ainda com mais vontade de ler alguma obra dele. Tenha um dia abençoado, beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    paisagemdejanela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oie, oie!
    Aaaaah, Stephen King faz jus ao nome de rei e é o dono do meu coração, hahaha. Não li tantas obras quanto gostaria (até porque ele tem taaantas mesmo né?), mas sempre gosto de anotar boas indicações para não me perder nas leituras. A sua descrição da história me deixou muito curiosa, até porque realmente estamos acostumados com o tio Stephen do horror, será interessante partir para algo mais "psicológico", abordando um pouco do mal na forma humana. Arrasou no post!

    Um beijo!
    Débora
    http://amorlivronico.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Bom eu sou fã de filmes de terror, mas confesso que livros leio pouco, já fui uma leitora voraz, mas depois que os filhos vieram meu tempo meio que se limitou mas gosto muito desse autor!

    Bjos
    Minda ❤ 😍

    ResponderExcluir