Queremos convidar você a fazer uma viagem, uma viagem mágica, por diversos países, culturas, hábitos, épocas, onde sua imaginação quiser e você se permitir...

Viajar pelas páginas de nossos livros, por vários gêneros, escritores anônimos e ilustradores e também os ilustres escritores: romances, aventuras, comédias, mistérios, épicos, auto-ajuda, poéticos, didáticos... toda leitura faz o ser humano conhecer, abranger, crescer...

Neste blog vamos divulgar, sugerir, incentivar, um espaço para interagir com você, que vai ser nosso seguidor ou dar apenas uma espiadinha, mas será sempre bem-vindo, como aquele amigo que senta para tomar um café e conversarmos sobre aquelas páginas de um livro que mais nos marcou, ou aquele que estamos lendo no momento, então fica aqui nosso convite, entre no nosso blog, tome um café, enquanto passeia pelos nossas postagens, interaja conosco sempre, estamos aqui na rede aguardando a sua chegada.


Abraços literários.


Aparecida




Vamos trocar idéias, opiniões, interagir?

Tem algum comentário ou sugestão para fazer?

Escreva para nós no e-mail: cafecomleituranarede@gmail.com


Loja Virtual

A loja virtual "Café com leitura na rede" está a todo vapor, e convidamos você a visitar nossa loja, lá lhe aguardam ótimos preços, opções para todos os gostos e um atendimento muito, muito especial e amigo.

Acesse agora mesmo:


Abraços


Equipe Café com Leitura na Rede.



sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

As Gêmeas do Gelo-


Eu sou a Kirstie.
Eu sou a Lydia.
Eu sou confiante e animada.
Eu sou pensativa e sossegada.
Eu estou viva.
Eu estou morta.
Qual delas sou?


Sinopse- Um ano depois de Lydia, uma de suas filhas gêmeas idênticas, morrer em um acidente, Angus e Sarah Moorcroft se mudam para a pequena ilha escocesa que Angus herdou da avó, na esperança de conseguirem juntar os pedaços de suas vidas destroçadas.
Mas quando sua filha sobrevivente, Kirstie, afirma que eles estão confundindo a sua identidade — que ela é, na verdade, Lydia — o mundo deles desaba mais uma vez. Quando uma violenta tempestade deixa Sarah e Kirstie (ou será Lydia?) confinadas naquela ilha, a mãe é torturada pelo passado — o que realmente aconteceu naquele dia fatídico, em que uma de suas filhas morreu?

Ao ler o romance As Gêmeas do Gelo, que se desenrola grande parte em uma ilha inóspita, o leitor tem a sensação de estar ele próprio preso em uma pequena porção de terra sendo conduzido pelo enredo.
A cada página, o autor S.K.Tremayne ou Tom Knox (ambos pseudônimos do escritor e jornalista britânico Sean Thomas) não dá nenhuma alternativa a não ser se deixar levar pela narrativa em primeira pessoa da protagonista, Sarah, que combina habilmente momentos de reflexão profunda com outros de puro delírio.
Esse devaneio a acompanha nas profundezas mais obscuras de sua alma abalada pela perda de uma das filhas gêmeas, Lydya, que morreu ao cair de uma varanda.
Sarah tenta seguir a vida ao lado do marido, Angus (que acaba de herdar uma ilha da avó), e da outra filha, Kirstie, de 7 anos. Até que a menina diz que foi Kirstie quem morreu e que ela é Lydia.
Como as duas são idênticas, a mãe logo se dá conta que há poucas evidências palpáveis que as diferenciem.
Quando o inverno chega e uma violenta tempestade deixa mãe e filha isoladas na ilha, Sarah tem de encarar seus medos.
 A história  é instigante, mas não acho que  lembra A Garota no Trem a não ser pelo fato de ser um drama/thriller psicológico, também não é exatamente incrível. 
O enredo é bem construído e prende mesmo o leitor do início até ... bom se você assim como eu é fã incondicional dos thrillers psicológicos/suspenses então lá pela metade você já matou a charada e descobriu o que aconteceu, porque e “o” porque do comportamento dos três personagens do livro, embora seja incongruente.
As peças vão se encaixando milimetricamente e cada detalhe é calculado, mas me perdoem os fãs, não é exatamente original e (pecado capital numa obra literária) apresenta resquício de moralidade.
Por mais que seja um bom romance e não digo o contrário, é bom mesmo, mas não senti peninha dele acabar, tipo quero desvendar o mistério, mas não quero terminar de ler o livro. 

''E foi então que ouvi o grito de uma das minhas filhas. Aquele grito que nunca irá desaparecer. Nunca irá me deixar. Nunca.”
 Olha só o quote acima, como é possível os pais confundirem por tanto tempo qual filha morreu no acidente?
Como em todo thriller acontecem reviravoltas, mas aqui as peças se encaixam naturalmente, não é preciso muito esforço para decifrar o enigma.
No começo há sim uma dúvida que paira no ar, os pontos de vista são concretos, estudados e os argumentos são bons, mas no decorrer da narrativa o vilão não é tão vilão, a mocinha que não consegue angariar a empatia tem seus esqueletos guardados no armário e os dramas psicológicos são óbvios ao contrário das situações estranhas e aparentemente inusitadas.
Eu gosto de preparar o ambiente para ler um livro assim com em um ritual e se são livros de suspense ou terror leio à noite para dar criar maior envolvimento nos momentos de tensão e olha  o ar misterioso desse livro não dá medinho não.

''Tudo o que eu mais desejo, naquele instante, é que Kirstie vá embora. E, talvez, Lydia também. Estou com medo das minhas filhas, dos dois fantasmas daquela casa, dos dois fantasmas em minha cabeça. As gêmeas do gelo, derretendo uma dentro da outra.”
Para proporcionar os dois pontos de vista da história o autor escreve em primeira pessoa quando conhecemos a visão de Sarah, em terceira pessoa em alguns capítulos onde acompanhamos Angus e a surpresinha final que levando em consideração a leitura não é tão surpresa assim.
O que se passa na cabecinha dos pequenos é sempre instigante, a confusão em seus pensamentos é perturbador, mas também é reconfortante perceber como são espertos, inteligentes e autênticos. Em As Gêmeas do Gelo não sabemos exatamente o que se passa na cabeça da gêmea sobrevivente, entretanto é através dos pais que nos damos conta do que acontece na família. Percebemos a confusão na cabeça deles e como isso influência os pensamentos da filha.

Talvez o mote do livro não seja o suspense, mas sim sobre casamentos que se desgastam com o tempo, a falta de confiança no parceiro, a falta de confiança em si mesma, dúvidas em relação aos filhos, culpa por ter mais afinidades com um filho do que com o outro,  filhos que se sentem distantes dos pais, irmãos que não sabem delinear a própria personalidade e definir quem é o outro. Nesse sentido o livro é muito bom, tudo tratado de maneira profunda e que o autor consegue acrescentar  temas e elementos no enredo.
Alguns acham que o final foi deixado em aberto.
A principal deixa está nas palavras da filha sobrevivente quando acontece o acidente, mas também você encontra pistas nas imagens que estão distribuídas pelas páginas do livro.
O final não é arrebatador nem surpreendente e talvez não pudesse ser outro.     
Se recomendo? Sim.
A leitura é acessível e instigante e como sempre digo, cada leitor tem uma interpretação pessoal, o que um não gosta o outro pode simplesmente amar.



Abraços Literários e até a próxima.

21 comentários:

  1. Bela resenha!
    No início, achei que seria algo tipo suspense e cheio de mistério, mas ao continuar lendo, vi que tudo se torna óbvio, mas mesmo assim, despertou a curiosidade. Acho que é um bom livro pra ler.
    Abração e feliz final de semana.

    ResponderExcluir
  2. Um livro cheio de reviravoltas!! Deve ser bastante interessante, daqueles livros que não se consegue parar de ler!!
    Beijinho
    http://asreceitasdamaegalinha.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  3. Olha, mesmo você não tendo se animado taaaanto com ele, mas ainda assim recomendando a leitura, eu fiquei curiosa com essa historia.

    Acho que vou ler esse livro :)

    Beijo !

    | O Blog Que Não é Blog |

    | Julinha e os Vídeos - Canal do Youtube |

    | Cadastre-se no Clixsense e Ganhe por Clicar em Links |

    ResponderExcluir
  4. Que livro loucooo! Só pela primeira parte já me deu curiosidade para ler e coloquei na minha lista hasduoashduo <3
    Me pareceu meio tenso o livro... A temática é bem delicada.
    Também achei estranho os pais não perceberem qual filha faleceu... não dá medinho? asuodhasuodhasd
    Não sei se foi a história, ou sua ótima resenha, mas confesso que fiquei com vontade de ler.
    Beeeijos,

    www.utopiananuvem.com.br

    ResponderExcluir
  5. Achei bem interessante o enredo e mesmo que vc não tenha achado tão bom qto A Garota do Trem [que amei!] eu quero ler. + um pra minha lista que só cresce e infelizmente eu nunca consigo ler, pois sou do tipo que qdo começa não quer parar e por isso acabo lendo só nas férias.

    Beijos/Xoxo.

    Anete Oliveira
    Blog Coisitas e Coisinhas
    Fan Page Coisitas e Coisinhas
    Instagram

    ResponderExcluir
  6. A sua resenha vai nos conquistando e ao final o interesse já foi aguçado. Me parece uma leitura bem interessante
    Obrigada pela visita mega carinhosa
    Beijos poéticos

    ResponderExcluir
  7. Oi, Luli!

    Mostra sim! Quem sabe ele não se inspira, né?! Ainda mais que o Natal está chegando! hahaha! Bom, mas aquele pó é sensacional. Estou usando muitíssimo! ;D

    Fico triste quando descubro o final na metade do livro. Sempre termino pra não deixar uma leitura incompleta, mas o óbvio me faz sentir que perdi tempo com algo meio desnecessário! Mas ainda sim daria uma chance pra esse livro.

    Ótima sexta!

    Beijo! ^^

    ResponderExcluir
  8. Muito obrigado pelas palavras de apoio e conforto. Que bom que é saber que vocês estão sempre por perto :') Obrigado <3


    NEW TIPS POST | Christmas Gift Guide: For Men And Woman.
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderExcluir
  9. Oii, tudo bom?

    Só pela sua resenha eu já fui sugada para a história do livro. Não sou muito de ler Thriler Psicológico, mas pelo que você descreveu, esse livro me conquistaria. Como não sou boa com o gênero, tenho certeza que o desenrolar da história me surpreenderia.
    Como assim você ler esse gênero a noite??? Você não é normal. Quando leio algo mais pesado, fujo completamente da noite hahaha
    Amei a sua resenha, me conquistou a cada linda!

    Beijos,

    Gnoma Leitora

    ResponderExcluir
  10. Como uma mãe pode não reconhecer as filhas? Parece uma leitura instigante


    Beijos!

    EsmaltadasdaPatyDomingues

    ResponderExcluir
  11. Oi Lulyyy, só hoje tendo tempo de vir aqui menina, adorei a resenha, magnífica como sempre, tou doida pra ler esse livro, adoro um suspense tipo, que não seja terror , entende?!Adoro um trailer psicologico, acho que dava pra ser uma psicologa ao invés de professora kkk, curiosa pra saber o que a sensação dessa mãe.

    ResponderExcluir
  12. Oi Luli, bt!
    Lendo a sinopse, achei o livro super instigante. Será que é possível mesmo uma mãe não saber qual das gêmeas morreu? Hummmmm!

    Bjssss amiga e uma semana de sucesso e abençoada p/vcs

    ResponderExcluir
  13. Genteeee parece ser um livro e tanto hein..
    amei a sinopse.
    Muito legal.
    bjbj
    www.sabrinizza.com

    ResponderExcluir
  14. Que livro mais diferente, amei sua resenha, ficou bem informativa e completa! Um super beijo, Blog Minuto de Bobeira

    ResponderExcluir
  15. Achei bem suspeito a mãe não saber qual das gêmeas que morreu.
    Big Beijos
    Lulu on the Sky
    Conheça meu canal YT

    ResponderExcluir
  16. Boa tarde amada, Luli!
    Esse é o tipo de livro que a gente quer logo chegar no final pra ver o desfecho da história. Gostei da resenha, muito bom!

    Abençoada semana junto a sua família!
    Beijos no seu lindo ♥

    ResponderExcluir
  17. Gostei demais da capa, é um livro com uma história incrível um livro emocionante, gostei bastante do enredo dele, Luli bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderExcluir
  18. a história realmente parece intrigante! já quero ler!!! adorei a resenha!!! :D

    xoxo
    Guria do Século Passado

    ResponderExcluir
  19. Oi Luli, bn!
    Como vc pegou poucos tomatinhos p/colocar na marmita, eu resolvi então trazer mais alguns e prosear mais um pouquinho com vc. Gostou da surpresa? kkkkkk
    Bjsss amiga e que vcs tenham uma noite e uma semana super abençoadas

    ResponderExcluir