Queremos convidar você a fazer uma viagem, uma viagem mágica, por diversos países, culturas, hábitos, épocas, onde sua imaginação quiser e você se permitir...

Viajar pelas páginas de nossos livros, por vários gêneros, escritores anônimos e ilustradores e também os ilustres escritores: romances, aventuras, comédias, mistérios, épicos, auto-ajuda, poéticos, didáticos... toda leitura faz o ser humano conhecer, abranger, crescer...

Neste blog vamos divulgar, sugerir, incentivar, um espaço para interagir com você, que vai ser nosso seguidor ou dar apenas uma espiadinha, mas será sempre bem-vindo, como aquele amigo que senta para tomar um café e conversarmos sobre aquelas páginas de um livro que mais nos marcou, ou aquele que estamos lendo no momento, então fica aqui nosso convite, entre no nosso blog, tome um café, enquanto passeia pelos nossas postagens, interaja conosco sempre, estamos aqui na rede aguardando a sua chegada.


Abraços literários.


Aparecida




Vamos trocar idéias, opiniões, interagir?

Tem algum comentário ou sugestão para fazer?

Escreva para nós no e-mail: cafecomleituranarede@gmail.com


Loja Virtual

A loja virtual "Café com leitura na rede" está a todo vapor, e convidamos você a visitar nossa loja, lá lhe aguardam ótimos preços, opções para todos os gostos e um atendimento muito, muito especial e amigo.

Acesse agora mesmo:


Abraços


Equipe Café com Leitura na Rede.



sábado, 25 de fevereiro de 2017

Estrelas Além do Tempo-

                                                                                

Sinopse- No auge da corrida espacial travada entre Estados Unidos e Rússia durante a Guerra Fria, uma equipe de cientistas - formada exclusivamente por mulheres afro-americanas - da NASA provou ser o elemento crucial que faltava na equação para a vitória dos Estados Unidos, liderando uma das maiores operações tecnológicas registradas na história do país e se tornando verdadeiras heroínas da nação.

O filme que tem direção de Theodore Melfi,  se passa em 1961, na época em que os Estados Unidos e a União Soviética disputavam a liderança mundial, incluindo a supremacia na corrida espacial, no conflito que ficou conhecido como Guerra Fria.
Também nessa época a sociedade norte-americana lidava com uma forte segregação racial, com os negros sofrendo toda espécie de preconceitos.
Isso acontecia inclusive na NASA, a agência espacial americana onde um grupo de funcionárias negras é obrigado a trabalhar à parte em um prédio isolado.
Entre elas estão as amigas Katherine Johnson (Taraji P. Henson), Dorothy Vaughn (Octavia Spencer) e Mary Jackson (Janete Monáe).
As três faziam cálculos para a organização e tiveram de lutar para vencer o racismo e reivindicar seus direitos por igualdade.
O filme incomoda sim com o racismo explícito na década de 60, mas é ao mesmo tempo  inspirador ao apresentar essas três grandes mulheres que ganham espaço e prestigio por meio do talento, da inteligência e da dedicação.

                                                                              


O filme começa mostrando que, desde pequena, Katherine é ótima com números e seu amor à matemática faz com que ela se torne especialista em Geometria Analítica na NASA.
Dorothy comanda o setor das matemáticas reservada para negros, e seu objetivo além de se tornar supervisora é o de ganhar reconhecimento por seu trabalho e o salário referente ao cargo, uma vez que ela já exerce essa função.
Mary Jackson é uma aspirante a engenheira que tem a oportunidade de se candidatar ao cargo na NASA. Mas, para isso, ela precisa ter aulas especializadas em uma universidade que só ensina homens brancos.
O roteiro retrata propagandas e símbolos da época e também mostra a chegada do soviético Yuri Gargarin ao espaço.
E o que essas três mulheres fizeram de tão importante? Elas foram as responsáveis por colocar o primeiro norte-americano, John Glenn (Glen Powell) no espaço.

                                                                              


O roteiro abre espaço para vários momentos #garotaspoderosas, assim em meio ao preconceito, Katherine, Dorothy e Mary não se deixam abater e se esforçam ao máximo para conseguirem o que querem se dividindo entre momentos de leveza com as três personagens dançando e se divertindo, e momentos em que ficamos chocados com o preconceito daquela época.
A narrativa é envolvente, prende a atenção do início ao fim.
Kevin Costner é Al Harrison, chefe da NASA e responsável por contratar Katherine para trabalhar no seu grupo. Apesar da postura exigente é ele quem dá início à quebra do preconceito no local de trabalho.
Há ainda o personagem que vai testar nossos nervos,  Jim Parsons (The Big Bang Theory) no papel de Paul Stafford, um dos responsáveis para encontrar o cálculo certo para colocar o homem na órbita. Por ter que dividir essa tarefa com Katherine, o preconceito faz com que ele  atrapalhe e atrase o trabalho.
No Oscar desse ano, Estrelas Além do Tempo concorre nas categorias melhor filme, melhor atriz coadjuvante (Octavia Spencer) e roteiro adaptado.
O tema é sempre reflexivo e infelizmente atual, já que hoje, mais de 50 anos depois, ainda precisamos lidar com muitas pessoas preconceituosas.


Super recomendado.

Abraços Literários e até a próxima


17 comentários:

  1. taí um filme que quero muito ver. tb queria muito ver redemoinho mas só está em sessão tarde. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  2. eu assisti esse filme semana passada e a historia é msm incrivel, eu adorei!

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  3. Bom dia, como vai?
    AINDA nao conhecia o livro, mas gostei bastante da sua indicação.
    beijos
    www.garotadelicada.com.br

    ResponderExcluir
  4. Quero tanto ver este filme! Parece fantástico!
    Adorei o seu blog e segui, espero vc no meu*
    http://omundodajesse.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  5. Olá, adorei a dica! Ainda não conhecia o livro!
    Bjs

    http://www.modaimagem.com.br/2017/02/nowplay-de-sabado.html

    ResponderExcluir
  6. Quero muito ver, adorei a review!!
    Beijinho e bom fim de semana!
    http://asreceitasdamaegalinha.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  7. Oi Luli! Eu também adorei o filme, achei as três atrizes sensacionais com histórias incríveis! E também gostei de ver o Sheldon num papel bem diferente! <3

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  8. Eu vi o trailer outro dia desse filme e fiquei encantada. tudo que se passa na guerra fria e trás conteúdos que relatam da NASA me chama atenção, e sua resenha ficou ótima, deu ainda mais vontade de assistir agora.beijos

    Taynara Mello
    www.indicarlivros.com

    ResponderExcluir
  9. Nunca tinha ouvido falar nesse filme, mas amei a dica. Ótimo post Flor!
    Bom domingo!
    Beijos!

    https://produtosacabados1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Parece um ótimo filme Luly.
    big beijos

    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
  11. Se tem um filme que eu tô louca pra assistir é esse! Eu fiquei encantada só com o trailer e depois de ver resenhas como essa, eu fico ainda mais ansiosa pra assistir!
    Um beijão,
    Gabs do likegabs.blogspot.com ❣

    ResponderExcluir
  12. Adorei esse filme! A gente fica pensando em quantas conquistas já aconteceram e, ao mesmo tempo, em todo o preconceito e intolerância que ainda existem.

    ResponderExcluir
  13. Oi Luli,

    Esse é um filme que quero muito assistir. A premissa é bem interessante e acho que não foi por acaso que foi indicado a Melhor Filme no Oscar. Uma pena não terem ganho nenhum dos prêmios, mas todas as críticas que ouço em relação ao filme é positiva.
    Fico feliz em saber que a narrativa é envolvente e prende o telespectador. Sua resenha como sempre me deixa extasiada. Parabéns Luli!

    Beijos,

    Gnoma Leitora

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Ainda não assisti este filme, mas adorei e vou procurá-lo!
    Gostei por ele nos levar a refletir e nos ensinar.

    Beijos!
    https://gatinhadoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi Luli!💓💓💓
    Ainda não assisti esse filme, mas, deve ser demais, e suas impressões me deixaram mais curiosa ainda! Adorei!

    Beijoooo

    ResponderExcluir
  16. Olá lulyyy, ainda não assisti esse filme, estou louquinha para assistir menina.
    Verdade preconceito ainda está presente no mundo todo, bjus, adorei a indicação.

    ResponderExcluir