Queremos convidar você a fazer uma viagem, uma viagem mágica, por diversos países, culturas, hábitos, épocas, onde sua imaginação quiser e você se permitir...

Viajar pelas páginas de nossos livros, por vários gêneros, escritores anônimos e ilustradores e também os ilustres escritores: romances, aventuras, comédias, mistérios, épicos, auto-ajuda, poéticos, didáticos... toda leitura faz o ser humano conhecer, abranger, crescer...

Neste blog vamos divulgar, sugerir, incentivar, um espaço para interagir com você, que vai ser nosso seguidor ou dar apenas uma espiadinha, mas será sempre bem-vindo, como aquele amigo que senta para tomar um café e conversarmos sobre aquelas páginas de um livro que mais nos marcou, ou aquele que estamos lendo no momento, então fica aqui nosso convite, entre no nosso blog, tome um café, enquanto passeia pelos nossas postagens, interaja conosco sempre, estamos aqui na rede aguardando a sua chegada.


Abraços literários.


Aparecida




Vamos trocar idéias, opiniões, interagir?

Tem algum comentário ou sugestão para fazer?

Escreva para nós no e-mail: cafecomleituranarede@gmail.com


Loja Virtual

A loja virtual "Café com leitura na rede" está a todo vapor, e convidamos você a visitar nossa loja, lá lhe aguardam ótimos preços, opções para todos os gostos e um atendimento muito, muito especial e amigo.

Acesse agora mesmo:


Abraços


Equipe Café com Leitura na Rede.



terça-feira, 19 de novembro de 2013

Caneca Literária #7: Rose na Tempestade de Jon Katz-

                                                                                  



A Caneca Literária de hoje é para VCS que assim como nós, amam apaixonadamente os peludos.

Título: Rose na Tempestade
Autor: Jon Katz

Sinopse: No meio de uma terrível nevasca, a cadelinha Rose insiste em dar conta de seu trabalho como pastora enquanto nos deixa a par de suas curiosas reflexões: onde está Katie, que ela nunca mais viu, embora seja capaz de sentir sua presença em todo lugar? Quem será aquele cachorro selvagem que parece seu amigo? Por que Carol, a mula, fica parada mesmo debaixo de toda a neve que cai? E onde foi parar Sam, que sumiu depois daquele barulho todo? Mas Rose não tem muito tempo para suas reflexões divertidas - e às vezes bem corretas. Agora ela deve voltar sua atenção para uma coisa muito mais séria: correr atrás de Sam, tentar encontrá-lo e, quem sabe, salvá-lo. No entanto, alguns perigos podem ser intransponíveis para uma cachorrinha.


                                                                                  



Rose veio de uma ninhada de filhotes resultantes do cruzamento de um cão pastor com border collie. Aos dois meses foi levada para a fazenda de Sam onde descobriu instintivamente como desempenhar seu trabalho como pastora.
Cuida principalmente das ovelhas, mas na verdade, acabou se transformando numa espécie de "administradora" do lugar.  Além de ser ligada de forma irreversível a Sam, seu humano e a todos os habitantes do local.
Sam nem consegue explicar o quanto Rose significa para ele, e sua esposa Katie – que veio a falecer há pouco tempo – percebia com clareza este sentimento. O mais interessante é que Rosie sentia a sua falta e não entendia como Katie desaparecera, sendo que ele conseguia farejar seu cheiro e sentir a sua presença.
Em Rose na Tempestade, os animais têm que enfrentar uma nevasca longa e rigorosa, e até que conseguem conviver bem em um espaço bem menor do que estão acostumados por dias.
Com a aproximação de uma tempestade, Rose não podia estar mais preocupada, porque ela sabia que a fazenda e todos os seus integrantes dependiam de sua proteção, sendo que ela era um  líder para eles. A neve cai cada vez mais espessa e a cachorrinha só queria estar preparada, com seu poderoso e aguçado instinto protetor, já que os animais não estavam acostumados com a situação e poderiam estar assustados.
 A narrativa é em terceira pessoa, com destaque aos pensamentos da Rose. Sob esse ângulo, é possível analisar os acontecimentos como se estivéssemos vivenciando a ação ou tentando compreender seus atos.
Os animais, nesse livro, não falam, e não entendem o que os humanos dizem, mas Rose reage a tons de voz, como todo cachorro. Tem um raciocínio fantástico, é inteligente, ágil, alerta e muito perspicaz cria planos executando-os muito bem. E é leal, completamente leal. Está sempre pronta para arriscar sua vida se alguém precisar dela.
Um “personagem” que merece destaque é  Flash, um cachorro selvagem, que se mostrou  um improvável – e verdadeiro – amigo. 
O relacionamento entre Rose e Sam é mágico. Eles se entendem muito bem e se amam mais do que imaginam. Tornaram-se essenciais na vida um do outro. Terão que demonstrar toda a sua força e coragem para conseguir superar o maior obstáculo que já enfrentaram.

 Jon Katz, autor de Orson- Um Cachorro para toda a vida,  escreveu uma obra impressionante sobre o companheirismo, amor e lealdade. A narração é envolvente e faz o leitor acompanhar com atenção a trajetória e o desenvolvimento de cada um dos personagens.
Esta história reflete toda a coragem de um cão ao enfrentar os perigos da natureza e o amor para com seu dono. Proporciona ainda reflexões sobre união, afeto e dedicação.
Recomendado!



Abraços Literários.

Nenhum comentário:

Postar um comentário