Queremos convidar você a fazer uma viagem, uma viagem mágica, por diversos países, culturas, hábitos, épocas, onde sua imaginação quiser e você se permitir...

Viajar pelas páginas de nossos livros, por vários gêneros, escritores anônimos e ilustradores e também os ilustres escritores: romances, aventuras, comédias, mistérios, épicos, auto-ajuda, poéticos, didáticos... toda leitura faz o ser humano conhecer, abranger, crescer...

Neste blog vamos divulgar, sugerir, incentivar, um espaço para interagir com você, que vai ser nosso seguidor ou dar apenas uma espiadinha, mas será sempre bem-vindo, como aquele amigo que senta para tomar um café e conversarmos sobre aquelas páginas de um livro que mais nos marcou, ou aquele que estamos lendo no momento, então fica aqui nosso convite, entre no nosso blog, tome um café, enquanto passeia pelos nossas postagens, interaja conosco sempre, estamos aqui na rede aguardando a sua chegada.


Abraços literários.


Aparecida




Vamos trocar idéias, opiniões, interagir?

Tem algum comentário ou sugestão para fazer?

Escreva para nós no e-mail: cafecomleituranarede@gmail.com


Loja Virtual

A loja virtual "Café com leitura na rede" está a todo vapor, e convidamos você a visitar nossa loja, lá lhe aguardam ótimos preços, opções para todos os gostos e um atendimento muito, muito especial e amigo.

Acesse agora mesmo:


Abraços


Equipe Café com Leitura na Rede.



sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Cine Clube #3: Como Treinar o Seu Dragão-

                                                                                




Na ilha de Berk, os vikings dedicam a vida a combater e matar dragões. Soluço, filho do chefe Stoico, não é diferente. Ele sonha em matar um dragão e provar seu valor ao pai, apesar da descrença geral. Um dia, por acaso, ele acerta um dragão que jamais foi visto, chamado Fúria da Noite. Ao procurá-lo, no dia seguinte, Soluço não consegue matá-lo e acaba soltando-o. Só que ele perdeu parte da cauda e, com isso, não consegue mais voar. Soluço passa a trabalhar em um artefato que possa substituir a parte perdida e, aos poucos, se aproxima do dragão.
Paralelamente, Stoico autoriza que o filho participe do treino para dragões, cuja prova final é justamente matar um dos animais.


                                                                                 




 E se você tivesse um pai líder de um bando de bárbaros matadores de dragões? E se todos ao seu redor fossem fortes e hábeis com espadas,  aríetes e tudo o mais? E se, nesse mundo de guerreiros, você fosse apenas um Soluço?
O filme Como Treinar o Seu Dragão - inspirado no livro de mesmo nome escrito pela autora Cressida Cowell - conta a história de Hiccup (Soluço, em inglês), um garoto franzino e desajeitado, que não se adapta ao modo de viver dos vikings,  sempre causando preocupações ao pai e situações constrangedoras para o resto do povoado.
Soluço esforçava-se para agir como um guerreiro, tentava matar alguns dragões, mas sempre se metia em alguma confusão ou trazia problemas para a aldeia.
Todos achavam que seria mais seguro trabalhar como ajudante de ferreiro. E assim Soluço vivia sua vidinha. Ora em problemas, ora em tédio.
Assim era Berk, a ilha viking.
Quando seu pai, chefe da Ilha de Berk, já havia perdido as esperanças no filho quando algo totalmente fora dos padrões acontece:
Sua vida mudou naquela noite. Uma em especial.
Soluço tem uma certa empatia com dragões. Ao invés de matá-los, afugentá-los e odiá-los como o resto da aldeia, o menino cheio de sarcasmo e falta de coragem acaba descobrindo como treiná-los.

De todos os dragões, o mais perigoso era o "Fúria da Noite" uma espécie que nunca sequer conseguiram catalogar, tamanha era sua velocidade e ferocidade. Mas Soluço, num golpe de mestre (na verdade, era apenas um golpe de muita, mas muita sorte) ele conseguiu derrubar um... Fúria da Noite. Ele só não esperava que seu ato o afastasse, para sempre, do desejo em ser o maior caçador de dragões.
Na manhã seguinte, Soluço correu até a cachoeira abaixo das rochas, onde o dragão havia caído. Ele queria conferir o estrago que tinha feito ao animal. Mas ele não teve coragem de ferir o animal e, ao libertá-lo da armadilha, o dragão teve a mesma atitude, em agradecimento. Mas ele estava ferido, e não podia mais voar.
Nasce, então, uma amizade improvável entre viking e dragão, um relacionamento que ia contra todos os preceitos vikings. Soluço ajuda o Banguela - nome dado ao animal por ter dentes retráteis - em sua recuperação, fabricando ferramentas que pudessem auxiliar o voo do dragão.
Uma série de aventuras começam a rondar a vida do jovem Soluço depois dessa nova amizade, e eles vão precisar lutar contra ao preconceito dos aldeões e, principalmente, lutar contra um mal ainda maior. Mas uma coisa é certa. O desajeitado viking e o dragão ferido vão mudar, para sempre, a forma como os homens enxergam os dragões.

Se você ainda não viu esse filme, acredite, não sabe o que está perdendo, e eu garanto, está perdendo muito. Embora seja uma animação, traz uma mensagem para todas as idades.
A  produção Como Treinar O Seu Dragão traz uma proposta inteligente sobre vencer preconceitos e enxergar além do senso comum, provando por a+b que todo mundo é muito bom em alguma coisa, mesmo que essa coisa seja algo que o torne muitoo diferente dos outros.
Além de uma trilha sonora incrível, o filme exibe paisagens fantásticas e apresenta uma arte cinematográfica de primeira!
Aproveite o mês em que comemoramos o dia das crianças para conhecer e curtir esse bom filme, e aprenda com essa incrível amizade!



Abraços Literários e até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário