Queremos convidar você a fazer uma viagem, uma viagem mágica, por diversos países, culturas, hábitos, épocas, onde sua imaginação quiser e você se permitir...

Viajar pelas páginas de nossos livros, por vários gêneros, escritores anônimos e ilustradores e também os ilustres escritores: romances, aventuras, comédias, mistérios, épicos, auto-ajuda, poéticos, didáticos... toda leitura faz o ser humano conhecer, abranger, crescer...

Neste blog vamos divulgar, sugerir, incentivar, um espaço para interagir com você, que vai ser nosso seguidor ou dar apenas uma espiadinha, mas será sempre bem-vindo, como aquele amigo que senta para tomar um café e conversarmos sobre aquelas páginas de um livro que mais nos marcou, ou aquele que estamos lendo no momento, então fica aqui nosso convite, entre no nosso blog, tome um café, enquanto passeia pelos nossas postagens, interaja conosco sempre, estamos aqui na rede aguardando a sua chegada.


Abraços literários.


Aparecida




Vamos trocar idéias, opiniões, interagir?

Tem algum comentário ou sugestão para fazer?

Escreva para nós no e-mail: cafecomleituranarede@gmail.com


Loja Virtual

A loja virtual "Café com leitura na rede" está a todo vapor, e convidamos você a visitar nossa loja, lá lhe aguardam ótimos preços, opções para todos os gostos e um atendimento muito, muito especial e amigo.

Acesse agora mesmo:


Abraços


Equipe Café com Leitura na Rede.



sexta-feira, 7 de junho de 2019

Creed II


                                                                              


Não poderia haver melhor argumento para uma sequência da história de Adonis Creed (Michael B. Jordan) que o relacionado a Ivan Drago (Dolph Lundgren), clássico adversário de Rocky Balboa (Sylvester Stallone).

Adonis chegou ao topo, tornando-se campeão mundial da sua categoria e planeja uma vida a dois com Bianca (Tessa Thompson) além de lidar com as diferenças entre ele e Rocky que não aceita lhe treinar na luta com Viktor Drago. A relação Rocky-Creed é levada a um outro nível, e ao mesmo tempo, ambos sabem que precisam ter suas próprias vidas e prioridades.

Ivan Drago prepara seu filho, Viktor (Florian Munteanu), para desafiar Creed.
Aqui temos um antagonista cheio de ódio por tudo que lhe aconteceu após sua derrota há 30 anos, e é com esse sentimento que ele nutre o filho, vendo nele a oportunidade de uma revanche. Lundgren traz novamente a frieza que fez de Drago o emblemático vilão da franquia e Munteanu não é somente músculos, mas um personagem com camadas que compõe um excelente Viktor.
A humanização da família Drago é desenvolvida simultaneamente. De modo harmonioso, vemos que não foi só Rocky e Adonis que perderam algo ou alguém. Ivan também ganha sua própria ótica humanizada

Drago e Balboa se enfrentam através de Viktor e Adonis, dois jovens que, por mais talentosos que sejam, estão à sombra de um passado.
Em uma luta cheia de ódio, rancor e lembranças, Viktor e Adonis, confrontam o legado que compartilham.
Algo positivo que a trama entrega é o fato de conseguir trabalhar bem os dois lados da luta. Em Rocky IV, a missão era a de ser patriota em um filme marcante pela Guerra Fria.
Já em Creed II, Rússia e Estados Unidos são meros detalhes. A missão aqui é pessoal e sua identidade se dá através de lutadores que receberam como "herança" a sede de vingança e a ausência de identidade. Tanto Viktor quanto Adonis são vítimas de suas próprias histórias e isso fica cada vez mais claro com a falta de palavras que Drago expressa ou com o desespero interno e crescente de Creed.

A montagem une com esmero todas estas áreas resultando em um drama comovente sem apelar para o melodrama. 

A direção de Steven Caple Jr. (que junto com Stallone é responsável também pelo roteiro) traz uma história sensível que homenageia os filmes anteriores (em especial o 4º filme, diretamente ligado aqui), mas também finaliza de maneira OK o arco em que todos os personagens estavam inseridos.
A direção não experimenta muito a câmara e os planos sequenciais para jogar o espectador no ringue com os lutadores, mas isso não desmerece em nada a película e a direção fluida valoriza cada punch e treinamento.

Aqui não temos o fator novidade, Creed II acrescenta mais uma boa história aos já bons filmes da franquia, humanizando-os, e talvez seja o mais contemplativo da saga.
Partindo da premissa que as relações interpessoais são o foco desta sequência, é justo dizer que este é um filme de família. Inclusive a família Drago entrega uma importante parcela da carga emocional que o roteiro possui.

Creed II mescla nostalgia com frescor, homenageando seus princípios na dose exata e fortalecendo com sensiblidade uma trama já conhecida. Aqui não há vilões nem heróis e, por mais que os golpes dados no ringue nos façam torcer por alguém, é o que vem depois do sino que possui mais força. A empatia, a vulnerabilidade e a compreensão também são personagens nessa franquia que sempre mostrou que a família é o que temos de mais importante, que a vida não é só demonstrar força o tempo todo e que mais importante que lutar é pelo que se luta.

Se você é fã da franquia se joga, recomendadíssimo.

Abraços Literários e até a próxima!



16 comentários:

  1. Luli, acredita que nunca assisti? Mas só porque não sou fã do gênero. xD Mas acho que vou dar uma chance, vai que mudo de ideia, né? ^^

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  2. não vi nem o um. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  3. Não sou fã.
    Certamente, se assistisse não entenderia.
    Mas acho que vi ou li o nome dessa série.

    ResponderExcluir
  4. Assisti logo quando lançaram pois amo a saga Rocky que agora tem sua continuação com Creed. Amei d+ e fiquei surpresa no final quando o Milo Ventimiglia [ADORO ele desde que fez Heroes] apareceu no final pois não sabia da participação dele e foi lindo ver que pai e filho se entenderam uma vez mais.

    Beijos/Kisses.

    Anete Oliveira
    Blog Coisitas e Coisinhas
    Fanpage
    Instagram

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia o filme mais quem gosta desse gênero de filme com certeza vai gostar muito, Luli bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderExcluir
  6. não conhecia... acho que assisti só um do Rocky.. não sabia que tinha "sequência" :p

    xoxo
    Guria do Século Passado

    ResponderExcluir
  7. Deve ser muito bom esse filme, já que é uma sequência do Rocky.
    Não lembro detalhes de Rocky, mas lembro que foi um filme muito elogiado antigamente rsrsrs.
    Mas tenho uma cena em mente, dele todo ensanguentado, caído no ringue, levanta quase morto, tira força do além e ganha a luta. Não foi isso? kkkkkkkkkk

    Passei aqui pra te visitar e avisar que estou de volta ;)

    Beijinhosss

    Blog da Polli
    Meu canal no Youtube

    ResponderExcluir
  8. Oi Lulyyyy, meu esposo adora esse tipo de filme, vou anotar e passar a dica para ele, bjusss.

    ResponderExcluir
  9. saudade de rocky, tenho curiosidade em assistir sim

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  10. Gostei bastante do primeiro, preciso conferir esta sequência.

    Sobre os comentários que fez no blog.

    A Primeira Guerra foi ainda mais terrível por causa do uso de armas químicas.

    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Olá, amada Luli! ☕
    Quem gosta é meu filho.
    Gostei da resenha, para quem é fã do gênero é uma ótima pedida!

    Abençoada semana junto a sua família!
    Grande beijo no seu lindo ♥
    Andréa

    ResponderExcluir
  12. Fiquei com vontade de ver :)
    obrigada pela partilha.
    beijiinho

    DREAMS OF A PRINCESS

    ResponderExcluir
  13. Oie Luli, ainda não assisti esse filme, mas pela sinopse parece bem interessante, eu precisaria assistir os anteriores para entender o desfecho nesse. Gostei da sugestão e vou ver se consigo achar para assistir!

    bjs

    Ariadne ♥
    De volta ao retrô | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir