Queremos convidar você a fazer uma viagem, uma viagem mágica, por diversos países, culturas, hábitos, épocas, onde sua imaginação quiser e você se permitir...

Viajar pelas páginas de nossos livros, por vários gêneros, escritores anônimos e ilustradores e também os ilustres escritores: romances, aventuras, comédias, mistérios, épicos, auto-ajuda, poéticos, didáticos... toda leitura faz o ser humano conhecer, abranger, crescer...

Neste blog vamos divulgar, sugerir, incentivar, um espaço para interagir com você, que vai ser nosso seguidor ou dar apenas uma espiadinha, mas será sempre bem-vindo, como aquele amigo que senta para tomar um café e conversarmos sobre aquelas páginas de um livro que mais nos marcou, ou aquele que estamos lendo no momento, então fica aqui nosso convite, entre no nosso blog, tome um café, enquanto passeia pelos nossas postagens, interaja conosco sempre, estamos aqui na rede aguardando a sua chegada.


Abraços literários.


Aparecida




Vamos trocar idéias, opiniões, interagir?

Tem algum comentário ou sugestão para fazer?

Escreva para nós no e-mail: cafecomleituranarede@gmail.com


Loja Virtual

A loja virtual "Café com leitura na rede" está a todo vapor, e convidamos você a visitar nossa loja, lá lhe aguardam ótimos preços, opções para todos os gostos e um atendimento muito, muito especial e amigo.

Acesse agora mesmo:


Abraços


Equipe Café com Leitura na Rede.



quarta-feira, 25 de abril de 2018

O garoto do cachecol vermelho e A garota das sapatilhas brancas-



O garoto do cachecol vermelho

Sinopse: Uma história comovente, intensa e apaixonante. Melissa é uma garota linda, rica e mimada, que sempre consegue o que quer e tem todos na palma da mão. Ela acredita que a carreira de bailarina é a única coisa que realmente importa, porém suas certezas são abaladas quando faz uma aposta com um garoto misterioso, que parece ter como objetivo virar sua vida de cabeça para baixo. De repente, ela se vê dividida entre dois caminhos: realizar seu maior sonho, pelo qual batalhou a vida inteira, ou viver um grande amor.
Mas, não importa aonde ela vá, todas as direções apontam para o garoto do cachecol vermelho.
                                                                                
A narrativa conta a história de Melissa, que sonha em ser uma grande bailarina e deseja muito cursar dança na Julliard – faculdade de artes de NY.
Apesar de ser uma garota esforçada, nossa protagonista é arrogante e preconceituosa.
Numa noite de ano novo ela conhece Daniel, um garoto que usa um cachecol vermelho em pleno verão e que vai mudar sua vida completamente.
Daniel sempre está querendo ajudá-la e eles sempre acabam brigando já que ela não entende o motivo pelo qual precisaria de ajuda para sua vida perfeita. 
À medida que a narrativa flui percebemos que eles se atraem, estão sempre nos mesmos lugares e essa proximidade involuntária faz com que os dois façam uma aposta para que a garota conviva com ele por algum tempo e veja a vida com outros olhos.
Há momentos surpreendentes nesse livro, principalmente quando a Mel se permite viver, sentir e olhar a vida de outra forma.
A obra ainda faz uma abordagem sobre a Esclerose Lateral Amiotrófica, esclarecendo uma questão importante com sutileza, mas sem minimizar o tratamento adequado.
Narrado pelo ponto de vista de Melissa, apenas um trecho nos mostra uma visão de Daniel, é uma leitura interessante que prende a atenção e apresenta um desfecho surpreendente onde a autora não teve receio em inovar.
O garoto do cachecol vermelho vem disfarçado de romance água com açúcar, mas está recheado de drama e suspense.

                                                                              
                                                                               
     
A garota das sapatilhas brancas

Sinopse: Ele foi o farol que a salvou da escuridão. Ela devolveu as cores ao mundo dele.
Daniel Lobos vive a vida plenamente. Dono de um coração enorme, divide seu tempo entre duas paixões: a música e as causas sociais. Até que seu caminho cruza o de Melissa, uma bailarina preconceituosa e esnobe, que põe à prova aquilo em que ele mais acredita: que todo mundo merece uma segunda chance.
Este romance mostra, através das lembranças de diversos personagens já conhecidos em O garoto do cachecol vermelho como as nossas decisões afetam o nosso destino.
O que levou Daniel a ter tanta fé em Melissa, quando ninguém mais acreditava nela?
Toda história tem dois lados, e agora é a vez de conhecer a do garoto do cachecol vermelho.
                                                                                
A Garota das Sapatilhas Brancas é um Spin Off, em que a autora Ana Beatriz Brandão narra cenas que não estão em O Garoto do Cachecol Vermelho e que contadas por outros personagens.
Muitas pelo ponto de vista de Daniel, são de antes mesmo de Mel e Dani se conhecerem, assim sabemos mais da personalidade desse personagem cativante, o garoto cheio de vida e alegre que também era um ser humano com dúvidas e medos. Ver o tamanho da força que ele teve, sua resiliência, seu amor ao próximo, e como ele sempre pensou nos outros antes de si, até mesmo nos piores momentos. 
As cenas não estão em ordem cronológica, mas organizadas de maneira que o leitor pudesse compreender as atitudes de Daniel. É um livro sobre amor, fé, esperança, perdão, família, segundas chances e como a vida pode ser bonita.
Conhecer DaniDani por seu próprio ponto de vista é essencial para encerrar com chave de ouro a história que começou em O garoto do cachecol vermelho e funciona como uma espécie de despedida oficial do casal que nos proporcionou tantos sorrisos.
Vale a pena conferir!

Abraços Literários e até a próxima.


21 comentários:

  1. Luli, já tinha ouvido falar nesses dois livros, mas ainda não consegui ler. Não sou lá muito fã de romances, mas como tem suspense e drama, darei uma chance! xD

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  2. Não conheço a autora e o que me chamou atenção foi que faz referência a ELA(Esclerose Lateral Amiotrófica) uma doença terrível, ainda sem tratamento de verdade.
    A doença é tão terrível que nem dá oportunidade que vc se suicide para não viver aquele horror.

    Sim, o vizinho da cobertura me dá todo suporte para meu trabalho de Síndica. Sou grata por isso.

    ResponderExcluir
  3. Oi Luli
    Eu já tinha ouvido falar do livro O garoto do Cachecol Vermelho e pela sinopse que nos apresentou fiquei curiosa para ler. O outro também me chamou atenção. Vou deixar anotadinho na minha agenda
    Beijos e um dia iluminado

    ResponderExcluir
  4. Gostei que mesmo sendo um romance, o livro apresenta suspense também! Ótima indicação de leitura Luli. Ah, não se esqueça de me apresentar a Ágata, ok? Tenha um ótimo dia, beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    www.paisagemdejanela.com

    ResponderExcluir
  5. Olá Luli,

    Não conheço nenhum dos livros citados acima, mas fiquei interessada em ler o primeiro.. achei mais a minha cara. :D Anotei aqui na agenda para comprar em breve..

    Um beijo,

    My Pure Style x My Instagram x My Facebook 

    ResponderExcluir
  6. bacana conhecer esses livros, to querendo algum romance nesse estilo pra ler, já vou anotar essas indicações!

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  7. Boa tarde, querida Luli! ☕ ☕
    Romance e suspense é comigo mesma, ótimas dicas para o
    feiradão que se aproxima.

    Beijinhos no seu ♥ fique com Deus!
    Andréa 🌺

    ResponderExcluir
  8. Oi Luli, bt!
    Estou sumidinha, mas já voltando aos poucos kk
    Acho que vou amar, mas atualmente tenho que me preparar psicologicamente p/alguns tipos de drama.
    Beijão amiga e uma noite bem maravilhosa desejo p/vcs

    ResponderExcluir
  9. Não conhecia e pra quem gosta do gênero, esses livros parecem lindos, mas eu não gosto, então nem me atrevo a começar porque nunca vou terminar, rs.

    E não sabia do lançamento da PUMA com a MAC, não uso tênis, mas achei lindos, principalmente o + escuro.


    Beijos/Kisses.

    Anete Oliveira
    Blog Coisitas e Coisinhas
    Fanpage
    Instagram

    ResponderExcluir
  10. Luli querida, assim que puder vou mandar uma "cesta" semelhante aquela na mesa do meu jantar, para vc.
    Sábado tem jantar de novo para comemorar o niver do meu filho.
    Adoro arrumar a mesa e receber aqui em casa.
    Estou com medo de sair porque vejo história (estória) de assaltos.

    Se vc puder, fotografe uma só folha do seu caderno onde anota resenhas de livros ou de filmes.
    Quero vê para aprender.
    Mostra por aqui ou por onde?
    Mas mande, viu?

    Vejo seu comentários no Hugo e são sempre cheios de conhecimentos.
    Geralmente não leio comentários que não sejam para mim.

    ResponderExcluir
  11. Luli fiquei apaixonada pelas capas dos livros, as histórias são um encanto, e eles tem uma leitura bem suave e gostosa, Luli bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderExcluir
  12. Oi, Luli!

    Aquele esmalte diferentão é belíssimo! ;)

    De início julguei mesmo como um "romance água com açúcar", mas fiquei surpresa por ser mais além disso. Acho muito interessante quando a história é explorada assim, em mais de um livro e com diferentes pontos de vista! As capas são maravilhosas, ein?! Adorei.

    Ótima quinta!

    Beijo! ^^

    ResponderExcluir
  13. Oi Luli, bt!
    E já que vc é AQUELA AMIGA do coração, estou trazendo mais 5 enroladinhos p/gente prosear e já desejar também uma noite maravilhosa p/vcs.
    Bjssss amiiga

    ResponderExcluir
  14. Oi Luliiiii.Tudo bem?
    Eu li "O garoto do cachecol vermelho " no ano passado e achei decepcionante.Meio mal construído e exagerou no drama ,não curti hehe
    Mas que bom ,que você gostou .

    Beijão Luli

    https://mundinhoquaseperfeito.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Oi Luli!!!
    EU AMOOOOOOOOO ESSES LIVROS DA ANA BIA!
    Eu chorei horrores, mas valeu cada lágrima. LINDO DEMAIS!
    E relevante, porque trata de um tema importante, né?
    Beeeeijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oieee...
    Eu já queria ler esses livros da Ana Bia Brandão, agora conhecendo seu ponto de vista, me deixou com mais vontade ainda. A protagonista me lembrou uma personagem de uma série australiana que eu adoro chamada Dance Academy, a Abigail. Ela também é preconceituosa e não aceita que as pessoas sejam melhores que ela. Mas, ela vai melhorando aos pouquinhos e com dificuldade (bastante dificuldade, rs).

    Beijoooo 💖

    ResponderExcluir
  17. A primeira parece filme da Sessão da Tarde e a segundo do Tele Cine Cult. Gostei de ambos e confesso que desconhecia. bjsss

    ResponderExcluir
  18. Oi Luli!
    Recentemente adquiri os dois.Vejo tantas pessoas falarem super bem da escrita da Ana,da delicadeza com que ela conduziu as histórias que acabei ficando curioso pra saber mais.
    Achei super importante ela ter abordado a ELA que poucas pessoas têm conhecimento.Já sei que vou me emocionar bastante kkkkkkkk
    Beijos!

    http://livreirocultural.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. achei as capas lindas!
    gosto de histórias com suspense!

    xoxo
    Guria do Século Passado

    ResponderExcluir