Queremos convidar você a fazer uma viagem, uma viagem mágica, por diversos países, culturas, hábitos, épocas, onde sua imaginação quiser e você se permitir...

Viajar pelas páginas de nossos livros, por vários gêneros, escritores anônimos e ilustradores e também os ilustres escritores: romances, aventuras, comédias, mistérios, épicos, auto-ajuda, poéticos, didáticos... toda leitura faz o ser humano conhecer, abranger, crescer...

Neste blog vamos divulgar, sugerir, incentivar, um espaço para interagir com você, que vai ser nosso seguidor ou dar apenas uma espiadinha, mas será sempre bem-vindo, como aquele amigo que senta para tomar um café e conversarmos sobre aquelas páginas de um livro que mais nos marcou, ou aquele que estamos lendo no momento, então fica aqui nosso convite, entre no nosso blog, tome um café, enquanto passeia pelos nossas postagens, interaja conosco sempre, estamos aqui na rede aguardando a sua chegada.


Abraços literários.


Aparecida




Vamos trocar idéias, opiniões, interagir?

Tem algum comentário ou sugestão para fazer?

Escreva para nós no e-mail: cafecomleituranarede@gmail.com


Loja Virtual

A loja virtual "Café com leitura na rede" está a todo vapor, e convidamos você a visitar nossa loja, lá lhe aguardam ótimos preços, opções para todos os gostos e um atendimento muito, muito especial e amigo.

Acesse agora mesmo:


Abraços


Equipe Café com Leitura na Rede.



domingo, 25 de março de 2018

A Casa do Lago-

                                                                         


Sinopse- A casa da família Edevane está pronta para a festa do solstício de 1933.
Alice, uma jovem e promissora escritora, tem dois motivos para comemorar: ela criou um desfecho surpreendente para seu primeiro livro e está secretamente apaixonada.
Porém, à meia-noite, enquanto os fogos de artifício iluminam o céu, os Edevanes sofrem uma perda devastadora que os leva a deixar a mansão para sempre. 
Setenta anos depois, após um caso problemático, a detetive Sadie Sparrow é obrigada a tirar uma licença e se retira para o chalé do avô na Cornualha. Certo dia, ela se depara com uma casa abandonada rodeada por um bosque e descobre a história do bebê que desapareceu sem deixar rastros. A investigação fará com que seu caminho se encontre com o de uma famosa escritora policial. Já uma senhora, Alice Edevane trama a vida de forma tão perfeita quanto seus livros, até que a detetive surge para fazer perguntas sobre o seu passado, procurando desencavar uma complexa rede de segredos da qual ela sempre tentou fugir.

                                                                              


Jurava que esse livro tinha como referência A Casa do Lago, filme de 2006, estrelado por Sandra Bullock e Keanu Reeves (que eu ameeeeei, apesar da atmosfera melancólica) e que é uma refilmagem do filme sul-coreano de 2000, Siworae Il Mare. Não é ://
   
                                                                          


A obra de Kate Morton é o típico livro que conta com minucioso processo de criação.
A narrativa tem, início em 1910, passa para 1930 e salta para 2003, nos apresentando os diferentes costumes sociais que caracterizam cada época.
O enredo é construído em cima do misterioso desaparecimento de um bebê, filho caçula da família Edevane. Parte da história é mostrada através da filha do meio do casal Edevane, Alice, uma jovem imaginativa que dedica seu tempo a criar histórias.
A segunda parte acontece setenta anos depois, quando a detetive Sadie toma conhecimento do caso, nunca solucionado, e decide investigá-lo.
A partir daí, a autora alterna passado e presente em um intricado quebra-cabeças, criando um labirinto em torno do mistério.
Pontos de vista de cada envolvido são apresentados, e assim conhecemos as biografias, as motivações e os segredos de cada um.
No presente, a obsessão da detetive Sadie pela história se mescla a um caso mal resolvido dela própria, criando uma trama paralela à principal.
Só que a autora é tão imaginativa quanto sua personagem Alice, e elaborou tantos detalhes, interligações e segredos que a história ficou cansativa. O excesso de detalhes (o mínimo dos mínimos dos detalhes :p) faz de A Casa do Lago um livro que não instiga nossa curiosidade para virar as páginas buscando pelo desfecho.
Outra questão é o tanto de reviravoltas que em vez de deixar o leitor sem fôlego se acumularam parecendo que você está lendo vários livros em um só, inclusive o desfecho tem uma pegada de dramalhão.

Fãs de thrillers e suspenses certamente não vão cair de amores pela leitura, masss para leitores que gostam de narrativas com segredos familiares, dramas e amores mal resolvidos, o livro é uma opção.

Abraços literários e até a próxima.


18 comentários:

  1. Oi Lulyyy, eu assisti esse filme A casa do Lago, mas confesso que não entendi nadica de nada kkkkkk. Vou ter que assisti de novo, meu déficit de atenção foi longe demais dessa vez. Bjus e bom domingo.

    ResponderExcluir
  2. Luli, esta adaptação para o cinema eu não conferi.

    Sobre a questão do lobby. Infelizmente é uma prática comum na maioria dos setores. Vc já deve ter ido a alguma consulta médica e enquanto está na sala de espera chega alguém com uma mala ou mochila para falar com o médico. Na maioria das vezes é um representante de laboratório "apresentando" algum medicamento relacionado a especialidade do médico e deixando as famosas amostras grátis. Por isso, para a mesma situação, médicos diferentes indicam medicamente diferentes.

    Existem outros filmes interessante sobre o tema. Sobre a indústria do cigarro tem "Obrigado Por Fumar". Outro filme com tema indigesto é o ótimo "Nação Fast Food".

    Bjs e um ótimo domingo.

    ResponderExcluir
  3. Oi Luli, bt!
    Eu "odeio" quando vc me deixa curiosa assim kkk. Agora eu tenho que saber o que aconteceu com esse bebê. Comprar o livro, fazer "OQ" né? kkk
    Bjsss amiga e uma bela semana é o que desejo p/vcs

    ResponderExcluir
  4. Que livro emocionante, tem uma história que prende o leitor até o fim, fiquei bastante curiosa pelo livro, Luli bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderExcluir
  5. Luli, você deixa a gente tão curiosa que é impossível não querer ler os livros que você indica. Já anotei a dica! ❤

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Luli, tudo bem? A primeira vez que vi o livro tb fiz associação com o filme hehehehe que aliás, é bem bacana <3 Não li a obra, mas fico feliz em saber que tem uma boa trama!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  7. Luli, não morri de amores não kkkkkkkkk. Parece meio sem sal. xD

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  8. Luli, eu achei legal o livro trazer "saltos temporais", pois se existe uma coisa que me chama atenção em livros e filmes é poder conhecer costumes de diferentes épocas. Ah, como boa fã de Game of Thrones, narrativas com pontos de vista também me agradam. Tenha um ótimo dia, beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    www.paisagemdejanela.com

    ResponderExcluir
  9. Raramente leio livro policial que não seja de Agatha Christie ou Edgar Wallace (preferido de papai) ou Conan Doyle e George Simenon.
    Sou péssima em leitura investigativa.
    Raramente entendo e nunca, nunca mesmo acerto o bandido.

    Já tentei entrar no seu site de livros e não consigo abrir.
    Tem algum segredo?

    ResponderExcluir
  10. Não li a obra, mas eu vi o filme que não tem nada haver com o enredo do livro.
    big beijos
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
  11. parece ser ótimo!
    acho que gostaria de ler! <3

    xoxo
    Guria do Século Passado

    ResponderExcluir
  12. Ele parece ser interessante, mas pela sua resenha, não quero ler, vou achar cansativo.

    Beijos/Kisses.

    Anete Oliveira
    Blog Coisitas e Coisinhas
    Fanpage
    Instagram

    ResponderExcluir
  13. Oi Luli!
    Acredita que quando vi a capa desse livro achei que a história fosse um romance de época?Não sei porque isso kkkkkkkk
    Essa mistura de coisas pra poder criar um clima e uma expectativa dentro do thriller pode ser uma grande armadilha.Se o autor não tomar cuidado com a quantidade de informação que coloca,ele deixa o leitor extremamente confuso e a história não rende.
    Pela sinopse parece muito história de novela mexicana hahahahhahaha
    Quem sabe um dia dou uma oportunidade pra ele.
    Beijos!

    http://livreirocultural.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Querida Luli,
    Eu também pensei que fosse a mesma história da Casa do Lago de 2006 com Sandra Bullock.
    O livro ainda não li, obrigada, por mais essa dica!

    Perdão pela demora em vir ao seu cantinho, estou com visitas.
    Beijinhos no seu ♥

    ResponderExcluir
  15. tmb achei que o livro tinha algo haver com o filme rs.
    preciso assisti-lo novamente.
    amei o post
    http://www.colecionandosaudades.com/

    ResponderExcluir
  16. Oi Luli, menina pela sinopse do livro parece uma leitura instigante e que vai te prender, mas ao continuar lendo sua resenha e pelo que você comentou sobre o excesso de detalhes e o tanto de reviravoltas que o livro dá, talvez não seria uma leitura tão instigante para mim também. Mas sabe o que é engraçado, ao ler esse post eu imaginei o livro dando uma série hehe talvez no formato audiovisual, essa riqueza de detalhes funcione melhor, o que você acha?

    bjs

    Ariadne ♥
    www.devoltaaoretro.com.br

    ResponderExcluir