Queremos convidar você a fazer uma viagem, uma viagem mágica, por diversos países, culturas, hábitos, épocas, onde sua imaginação quiser e você se permitir...

Viajar pelas páginas de nossos livros, por vários gêneros, escritores anônimos e ilustradores e também os ilustres escritores: romances, aventuras, comédias, mistérios, épicos, auto-ajuda, poéticos, didáticos... toda leitura faz o ser humano conhecer, abranger, crescer...

Neste blog vamos divulgar, sugerir, incentivar, um espaço para interagir com você, que vai ser nosso seguidor ou dar apenas uma espiadinha, mas será sempre bem-vindo, como aquele amigo que senta para tomar um café e conversarmos sobre aquelas páginas de um livro que mais nos marcou, ou aquele que estamos lendo no momento, então fica aqui nosso convite, entre no nosso blog, tome um café, enquanto passeia pelos nossas postagens, interaja conosco sempre, estamos aqui na rede aguardando a sua chegada.


Abraços literários.


Aparecida




Vamos trocar idéias, opiniões, interagir?

Tem algum comentário ou sugestão para fazer?

Escreva para nós no e-mail: cafecomleituranarede@gmail.com


Loja Virtual

A loja virtual "Café com leitura na rede" está a todo vapor, e convidamos você a visitar nossa loja, lá lhe aguardam ótimos preços, opções para todos os gostos e um atendimento muito, muito especial e amigo.

Acesse agora mesmo:


Abraços


Equipe Café com Leitura na Rede.



terça-feira, 31 de julho de 2018

Blade Runner 2049-


                                                                                


Talvez você nunca tenha lido um livro de Philip K. Dick, mas certamente conhece alguma de suas obras. Filmes como O vingador do futuroO homem duplo e Minority Report: A Nova Lei, entre outros saíram das páginas de seus livros.

Assim como o cult  Blade Runner: O Caçador de Androides, de 1982, dirigido por Ridley Scott e inspirado na obra “Androides sonham com ovelhas elétricas?” que conta a história de Rick Deckard, um caçador de recompensas que, em uma sociedade distópica, coberta por poeira radioativa e devastada por uma guerra atômica, sonha em substituir sua ovelha de estimação elétrica por um animal de verdade – sonho de consumo que vai além de sua condição financeira. Ele vê a chance de realizar esse desejo ao ser chamado para um novo trabalho: perseguir e aposentar androides que estão refugiados.

                                                                                


Em homenagem ao aniversário deste clássico sci-fi, que completa 50 anos em 2018, e aproveitando a hype da continuação Blade Runner 2049, depois de 35 anos, a editora Aleph preparou uma edição comemorativa com capa dura, encartes coloridos e extras para enriquecer a leitura. A ideia foi desenvolver um novo olhar sobre a história, recriando uma estética que vai além da difundida pelo filme, abordando questões sobre a natureza da vida, da tecnologia e da própria condição humana. O livro em comparação com filme apresenta aspectos da obra não explorados no cinema, como a preocupação ambiental, além das questões religiosas presentes no texto.
Ao longo de sua vida e de sua carreira, Dick nunca deixou de suspeitar do mundo a sua volta, em aparência e em essência.

                                                                                


Androides sonham com ovelhas elétricas?” é uma obra que questiona a condição humana, a verdadeira natureza da realidade e como podemos definir o que é humano.
                                                                                
Em Blade Runner, O Caçador de Andróides, que teve lançamento em 25/12/1982, no século 21, uma corporação desenvolve clones humanos para serem usados como escravos em colônias fora da Terra, identificados como replicantes. Em 2019, um ex-policial é acionado para caçar um grupo fugitivo vivendo disfarçado em Los Angeles.


Em Blade Runner 2049, lançado em 05/10/2017, após descobrir um segredo enterrado há muito tempo, que ameaça a sociedade, um novo policial embarca na busca de Rick Deckard, que está desaparecido há 30 anos.
Com direção de Dennis Villeneuve (do excelente A Chegada com resenha que vocês conferem aqui) é um estudo no mesmo universo, só que 30 anos após os acontecimentos do original, em que a humanidade está novamente ameaçada, e dessa vez o perigo é ainda maior.
O oficial K (Ryan Goslin(dooooooooooooo)g, desenterrou (literalmente) um segredo com potencial para imergir a sociedade no caos.

                                                                             


A descoberta faz com que ele parta numa incessante busca por Rick Deckard (Harrison Ford), desaparecido nos 35 anos que separam as sequências.
Aliás nesses anos que separam o original de sua sequência, foram produzidas muitas distopias, cyberpunk e sci-fi, mas nenhuma (até aqui) com o estilo tão específico imaginado por Ridley Scott láááá atrás.

O roteiro de uma profundidade que eleva o blockbuster ao status cult não precisou fazer uma releitura do mundo no qual a história está inserida e apresenta com bastante propriedade reflexões sobre as relações homem/máquina e como será possível no futuro distingui-los.
Os detalhes do filme permitem que o público interprete como preferir (apesar do óbvio das sociedades escravocratas) já que tudo é sutil.
O roteiro contém conceitos filosóficos suficientes para nenhum spoiler estragar, (a cena final é de uma delicadeza, poetice e sensibilidade absurdamente cativantes), mas ao terminar o longa você vai sentir o choque da realidade e perceber que não estamos tãooooo longe assim da opressão que é retratada nele.
Blade Runner 2049 propõe indagações sobre a natureza da própria alma!
Imperdível.

Abraços Literários e até a próxima.


29 comentários:

  1. Luli, eu nunca li e nem vi o filme, me julgue kkkkkkk. Não sou lá muito fã de sci-fi, mas até que depois de ler seu post, fiquei até a fim de assistir? xD

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  2. ah, esse filme é demais! concordo, não parecemos tão longe daquela realidade. não li nenhum dos livros. fico feliz que a editora relance o livro pelo filme, estimular a leitura é fundamental. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  3. Achei muito legal a editora aproveitar o momento e lançar a edição comemorativa Luli! Estou doida para assistir ao filme, só não o fiz ainda pois não assisti ao de 82. Tenha um ótimo dia, beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    www.paisagemdejanela.com

    ResponderExcluir
  4. Muito bacana o lançamento do livro acho máximo quando filme torna em livro, gostei da novidade da editora, Luli bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderExcluir
  5. O negócio é tão véio e eu nunca li nem vi... o meu Deus, me sinto uma tapada kkkk.

    Mas tenho como desculpa o gênero não ser muito do meu gosto vai kkkk.

    Beijo Luli lindonaaa !

    | Afonso Padilha . Detalhadamente - Instagram |

    | O Blog Que Não é Blog - Instagram |

    | Uni Colorato - Instagram |

    | O Blog Que Não é Blog |

    ResponderExcluir
  6. Gosto dos trabalhos do diretor e bastante também do primeiro "Blade Runner", mas esta sequência não me agradou.

    Eu esperava mais. Em breve vou comentar no blog.

    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Oi, Luli!

    As memórias afetivas vieram todas na hora de gravar aquela Tag! Foi um momento tão bom da minha vida... Sinto saudades! Mas fiquei chocada de saber que você pulou o muro! hahaha! Eu não conseguia fazer isso por questões de tamanho mesmo (eu sempre fui pequenininha e o muro sempre me pareceu alto demais! hehehe). Nossa, nenhum professor conseguiu me convencer de que números eram mágicos! hahaha! Porém, até que eu não era tão ruim nas matérias de Exatas. Te convido a fazer aquela Tag inteira (se quiser, é claro), porque são perguntas muito gostosas de responder! ;)

    Se eu falar que nunca vi nenhuma dessas obras, você vai me bater? hahaha! Logo eu que amo um sci-fi, né?! E eu nunca assisti nem li Blade Runner. Mas adorei a edição comemorativa! E curto essas reflexões sobre as relações homem/máquina, porque pra mim é algo muito próximo da realidade. Assim como isso da opressão!

    Ótima terça!

    Beijo! ^^

    ResponderExcluir
  8. Olá, amada Luli!

    O filme é demais, os livros ainda não li, você sempre nos proporcionando belas dicas!

    Estou de coração partido, quarta-feira passada perdi um irmão, ele tinha 48 anos era o mais velho entre os sete, família grande, um pedacinho de nós foi morar com Deus.

    Beijinhos no seu ♥
    Andréa

    ResponderExcluir
  9. Parece ótimo esse filme.
    big beijos
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
  10. Oie Luli, blade runner é um clássico do cinema, lembro-me que estudei sobre esse filme na faculdade nas aulas de cinema, é muito bom! Achei bacana demais a editora lançar o livro em comemoração e abordar outros detalhes não trabalhados na telona. Já quero ler!

    bjs

    Ariadne ♥
    www.devoltaaoretro.com.br

    ResponderExcluir
  11. Eu nem sabia que esses filmes todos saíram de livros O_O

    Nunca assisti Blade Runner, mas sabe que após sua resenha até me deu vontade? Terminator acho que vi só o 1º há uns mil anos. Minority Report eu vi por causa do Tom Cruise e adorei! Falando no Tom Cruise e fingindo um pouco do assunto, na semana passada vi o novo Missão Impossível e se vc como eu é fã da saga e não foi ver, vá correndo!!! É o melhor.

    Beijos/Kisses.

    Anete Oliveira
    Blog Coisitas e Coisinhas
    Fanpage
    Instagram

    ResponderExcluir
  12. Oiiiiieeeee Luliiii!!!
    Apareciiii, hahahah!

    Então, acredita se eu te disser que nunca assisti Blade Runner, nem o antigo nem o atual, o que é imperdoável para uma cinéfila, né? E pior ainda, além de cinéfila, simplesmente, amo Harrison Ford! Dois erros grotescos, rs.

    Adorei sua análise profunda sobre a obra, com certeza vou colocar na lista de prioridades filmográficas - se é que essa palavra existe, rs.

    Você estará algum dia na Bienal? Estarei no dia 10 o dia todo, dia 11 após às seis e dia 12 o dia todo. Se for algum desses dias, me dá um toque!

    Beijoooo cheio de saudade 💖

    ResponderExcluir
  13. Amei sua resenha, Luli. Não conhecia nem o filme, nem o livro. Mas adorei a história!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  14. Oi Luli! Como já comentei aqui, passando para lhe desejar uma ótima quinta-feira. Beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    www.paisagemdejanela.com

    ResponderExcluir
  15. Minha reação a ler ou vê esses filmes é porque tenho certeza de que não vou entender. E não entendo mesmo.
    Meu filho é encantado com esses estilo de filmes.
    E por isso, tentei algumas poucas vezes.

    Da próxima vezes que lhe mandar "presentes" coisas que faço, vou mandar uns Porta-Guardanapos.
    Acho que vc tem um lado "doméstico". Acertei?
    Beijo,
    Luli querida.

    ResponderExcluir
  16. eu vi o ultimo filme do Blade Runner, cheguei a comentar no meu blog e até amei. adorei o post
    bjs bjs
    https://beperes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Lulii! Sinceramente não conhecia o filme e embora adore obras futuristicas raramente assisto (desatualizada talvez), mas esse me deixou curiosa (mais ainda agora que descobri que tem livro). Como sempre, amei sua resenha. Beijão 💖,

    Thay do SCriativa :)

    ResponderExcluir
  18. Oi, Luli!

    Aquele creme é sensacional. Dá vontade de morder mesmo, viu?! hahaha! Todos os produtos da The Beauty Box que eu testei até agora eram cheirosíssimos. E nunca nenhum deixou a desejar! ;D

    Ótima sexta!

    Beijo! ^^

    ResponderExcluir
  19. E quem é que não gosta de Dick?
    Já quero SUPER conferir.
    Inclusive, estou com O tempo desconjuntado aqui pra ler. É lançamento dele

    Abraços,
    Naty
    http://www.revelandosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  20. Oi Luli,
    Não assisti ao filme, mas tenho um amigo que gosta bastante.
    E o elenco é um ponto positivo para mim.
    Ah, se for na Bienal hoje me avisa para nos vermos.
    Beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  21. não assisti o filme, mas quero!
    acho que nunca li livro de sci-fi, não é meu gênero favorito! mas até que gosto de filmes assim! :p

    xoxo
    Guria do Século Passado

    ResponderExcluir
  22. Nunca vi e nem li, acredita? Mas gostei da resenha, Luli. Bjs e boa semana.

    ResponderExcluir
  23. Olá! Passando aqui pra lhe desejar ma linda semana. Beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    www.paisagemdejanela.com

    ResponderExcluir
  24. Oi Luli!
    Blade Runner era um clássico da sessão da tarde,mas acredita que nunca vi?Sei lá nunca tive interesse,mas quero ler o livro,muita gente fala que é um clássico da ficção científica e elogiam demais a escrita do autor.
    Depois de ler quem sabe eu me empolgue pra ver o filme.
    Beijos!

    http://livreirocultural.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  25. Hello, amada Luli!
    Obrigada pelas palavras de conforto, você é muito especial e nessas horas difíceis somente Deus, família e amigos para nos confortar.

    Deus te abençoe a cada dia mais junto a sua família!
    Forte abraço da sua amiga
    Andréa 🌷🌷🌷

    ResponderExcluir
  26. Nunca li nada e nem assisti os filmes que mencionou Luli
    Mas a resenha é bem interessante
    Beijos e um feliz dia aos papais da tua família

    ResponderExcluir
  27. Luli,
    Boa tarde!
    Temos os gostos bem parecidos, sou uma grande fã de Blade Runner, assisti o tão aguardado Blade Runner 2049 no cinema com tudo que tinha direito, sala IMAX, pipoca e refrigerante. Me encantei com as imagens e com a ilustre presença de Harisson Ford, que nem com a idade consegue tirar o brilho e presença dele de cena.
    O primeiro Blade Runner assisti a pouco tempo em casa, fascinante como nunca, até enviei para um amigo acessar o seu blog, pois ele esta lendo o livro.
    Pretendo ler o livro também, para me aprofundar nessa historia ainda mais.
    E vejo nos dias atuais que não estamos longe do que o filme relata, assim como você disse eu concordo plenamente.
    Adorei o post Luli, você escreve com a alma.


    Beijos

    www.depoisderoma.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  28. Gravei Blade Runner2049.
    Agora é assistir e entender.

    Gosto muito de seus comentários de livros e de autores que nem conheço.
    Fico conhecendo.
    Eu me pego lendo quase que só os autores que ouvi na minha toda.
    E tem um monte de autores novos e bons.
    Beijo, querida Luli.

    ResponderExcluir
  29. Oi Luli, estou com saudade das suas visitas! espero que esteja tudo bem com você. Tenha um ótimo dia, beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    www.paisagemdejanela.com

    ResponderExcluir